PUBLICIDADE

Imóveis para idosos: rampas, pisos, escadas e outros pontos para prestar atenção

Ambiente deve ser confortável e adaptável às limitações físicas que a idade impõe à terceira idade

7 mar 2022 - 05h10
Ver comentários

Para milhões de idosos - uma população que cresce a cada ano em todo o mundo - pode ser um grande desafio ter uma casa com infraestrutura que atenda a todas as necessidades da terceira idade. Assim, ajustes na residência devem ser feitos para garantir que a casa seja confortável, segura e adaptável às limitações físicas que a idade avançada impõe.

O ideal é que os espaços sejam projetados para serem leves, otimizados, visuais e fáceis de serem ocupados. De tapetes antiderrapantes à iluminação adequada para evitar quedas e outros acidentes, todos os detalhes podem fazer a diferença.

Serviço: O que procurar num prédio para idosos

  • Verifique a largura das portas do apartamento. Elas devem ter, no mínimo, 1 metro para permitir a passagem de cadeiras de rodas;
  • Olhe se os pisos são antiderrapantes para evitar quedas; desníveis preocupam;
  • Pergunte se há botões de emergência nos apartamentos e onde eles estão;
  • Fique atento à iluminação. Dê preferência aos projetos que valorizem a luz natural
  • Preste atenção se há sensores de presença ou de movimentos conectados à iluminação;
  • Na piscina, evite escada de inox e prefira a alvenaria;
  • Confira os serviços que estão incluídos no condomínio e quais são pagos à parte;
  • A maioria dos prédios possui rampas de acesso para substituir escadas, mas não devem ser muito inclinadas;
  • Procure atividades para manter o morador ativo, como academias e piscinas
  • Valorize a natureza: hortas e pomares são diferenciais importantes!
Estadão
Publicidade
Publicidade