PUBLICIDADE

Aranhas Venenosas: conheça as 5 espécies mais perigosas e seus habitats

Entre elas, algumas se destacam por sua venenosa picada, apresentando um perigo potencial para os seres humanos

10 dez 2023 - 08h25
(atualizado em 12/12/2023 às 11h06)
Compartilhar
Exibir comentários

As aranhas são temidas no mundo inteiro. Elas compõem uma das espécies mais diversas e fascinantes do reino animal. Encontradas em todos os continentes, exceto na Antártica, esses aracnídeos possuem uma variedade impressionante de tamanhos, formas e comportamentos.

Foto: Instituto Butantan / Porto Alegre 24 horas

Embora nem todas sejam venenosas, a grande maioria possui venenos que podem variar entre causar uma simples coceirinha, ou até mesmo a morte. Vamos conhecer as 5 aranhas mais venenosas e onde habitam:

1. Armadeira (Phoneutria)

Habitat: Florestas tropicais da América do Sul, incluindo Brasil, Venezuela e Colômbia.

Veneno: Potente neurotoxina que pode causar dor intensa, inchaço e até mesmo falência respiratória em casos extremos.

2. Viúva-negra (Latrodectus)

Habitat: Amplamente distribuída, encontrada em diversas partes do mundo, incluindo América do Norte, América do Sul, África e Austrália.

Veneno: Seu veneno neurotóxico pode levar a sintomas como dor abdominal intensa, espasmos musculares e, em casos raros, até mesmo a morte.

3. Aranha-marrom (Loxosceles)

Habitat: Principalmente em áreas temperadas e tropicais do mundo, como América do Sul, América Central e África.

Veneno: Causa lesões graves na pele, com possível necrose, além de sintomas sistêmicos, como dores musculares e febre.

4. Aranha-de-sílex (Phoneutria)

Habitat: Florestas tropicais da América Central e do Sul, como na Amazônia.

Veneno: Possui um veneno neurotóxico poderoso, podendo causar dor intensa, problemas respiratórios e até mesmo paralisia.

5. Aranha-teia-de-funil (Atracidae)

Habitat: Austrália, principalmente em áreas rurais e suburbanas.

Veneno: Apresenta veneno neurotóxico, com potencial para causar dor local, sudorese e náuseas.

A maioria dos casos de picadas de aranha resulta em reações locais, mas é sempre bom ter cuidado, ainda mais com as listadas acima, pois estas sim podem ser fatais. Em situações extremas, é fundamental procurar atendimento médico imediato.

Respeitar a vida selvagem e entender melhor esses animais pode ajudar a mitigar os riscos de interações perigosas com essas fascinantes criaturas do reino animal.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade