PUBLICIDADE

Antigo empresário de Taylor Swift não agenciará mais nenhum artista

Scooter Braun anunciou nas suas redes sociais que esta parte de sua trajetória chegou ao fim, pois quer mais tempo com sua família

17 jun 2024 - 20h03
Compartilhar
Exibir comentários

Nesta segunda-feira (17), o empresário e produtor musical Scooter Braun anunciou que sua carreira como manager chegou ao fim. Braun, que já foi responsável por artistas como Ariana Grande, Kanye West, Justin Bieber e Taylor Swift, não irá mais agenciar nenhum artista.

O empresário e produtor musical anunciou o fim de sua carreira
O empresário e produtor musical anunciou o fim de sua carreira
Foto: Reprodução/ Instagram / Perfil Brasil

O anúncio foi feito nas redes sociais do produtor e informou que a motivação da mudança foram seus filhos. A carreira, segundo ele, exigia muito de seu tempo e o mantinha afastado da família.

"Durante toda a minha vida adulta, eu fiz o papel de empresário de plantão 24 horas por dia e 7 dias por semana. E, por 20 anos, eu amei isso. Era tudo o que eu já tinha conhecido. Mas, conforme meus filhos cresceram e minha vida pessoal sofreu alguns golpes, eu cheguei à conclusão de que meu filhos eram 3 estrelas que eu não estava disposto a perder", escreveu.

Conhecido pela briga com Taylor Swift, Scooter Braun dedicou uma parte do texto de despedida a Ariana Grande e Justin Bieber, com quem ele trabalha desde o início de suas carreiras.

"Ver os dois se tornarem as lendas que são hoje sempre será uma das minhas maiores honras. Mudaremos nossas relações de trabalho agora, mas eu continuarei a torcer por eles com a mesma paixão que fiz em cada um de seus humildes começos. Nunca haverá um dia em que eu não sinta muito orgulho e honra pelo que realizamos juntos", afirmou.

Scooter Braun e Taylor Swift

Braun é conhecido pela batalha judicial que travou com Taylor Swift há alguns anos. Em 2019, a Ithaca Records, gravadora da qual ele é sócio, comprou a Big Machine Records, empresa que Swift tinha contrato até 2018. Nesta compra de US$ 300 milhões (mais de R$ 1 bilhão), Scooter Braun adquiriu os direitos pelos seis primeiros álbuns da artista: Taylor Swift, Fearless, Speak Now, Red, 1989 e Reputation. 

O produtor afirma que ofereceu a Taylor a compra dos masters dos álbuns, mas a artista nega publicamente este fato. Por isso, os fãs passaram a chamar as versões originais dos álbuns de "roubadas", e desde 2021, Swift vem produzindo novas versões, as chamadas "Taylor's Version".

Além disso, a cantora também relembra que Braun foi o empresário de Kanye West em 2018, durante o lançamento da música e clipe de Famous, em que ele ataca Taylor e fala que a fez famosa, devido ao ocorrido no VMA de 2009.

*texto sob supervisão de Tomaz Belluomini

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade