PUBLICIDADE

'Sempre ao lado das vítimas', afirma mulher de Hakimi, acusado de estupro, em carta

Lateral do Paris Saint-Germain teria uma violentado uma jovem em sua casa, na região da capital francesa

27 mar 2023 - 14h54
(atualizado às 15h04)
Compartilhar
Exibir comentários
O jogador Achraf Hakimi foi acusado formalmente de estuprar uma jovem na França
O jogador Achraf Hakimi foi acusado formalmente de estuprar uma jovem na França
Foto: REUTERS/Matthew Childs

Pela primeira vez desde que Achraf Hakimi foi acusado formalmente de estuprar uma jovem na França, sua mulher, a atriz espanhola Hiba Abouk, se pronunciou sobre o caso. Casados desde 2019, ela já havia iniciado o processo de separação antes do jogador ser denunciado.

Em carta aberta publicada em suas redes sociais, Hiba justificou seu silêncio em relação à acusação ao afirmar que precisava de um tempo para digerir todas as informações. O caso de Hakimi, lateral do Paris Saint-Germain, veio à tona em fevereiro, no dia da premiação The Best da Fifa - o jogador esteve presente no evento e foi eleito para o time ideal da temporada.

"Quem imaginaria que além de enfrentar a conhecida dor que uma separação acarreta, e aceitar o luto que o insucesso de um projeto familiar acarreta a quem eu havia me entregado de corpo e alma, teria que enfrentar essa ignomínia", escreveu a atriz. Hiba e seus dois filhos não estavam na França quando o caso veio à tona.

No último mês, além de Hiba, o próprio jogador também não se manifestou sobre a acusação de estupro, da qual ele é indiciado na França. "Tenho uma necessidade urgente de me explicar, para poder retomar a minha vida pessoal, pública e profissional da forma menos nociva e traumática possível, protegendo acima de tudo os meus filhos, que são minha prioridade absoluta", continuou.

"Na minha vida sempre estive e sempre estarei do lado das vítimas. Com a gravidade da acusação, só nos resta confiar e na boa condução da justiça. Peço que respeitem minha intimidade e de meus filhos", completou a atriz. Hakimi foi titular de Marrocos na última partida da seleção, diante do Brasil.

Leia a carta de Hiba Abouk na íntegra

Hoje me sinto no dever de tornar pública este comunicado para expressar meu estado de espírito e esclarecer em primeira mão as informações erradas que estão circulando. E ainda que o silêncio possa ajudar em certos temas ou questões sensíveis, tenho uma necessidade urgente de me explicar, para poder retomar a minha vida pessoal, pública e profissional da forma menos nociva e traumática possível, protegendo acima de tudo os meus filhos, que são minha prioridade absoluta.

A realidade é que já faz algum tempo que, depois de pensar muito nisso, o pai dos meus filhos e eu tomamos a decisão de terminar nosso relacionamento, muito antes dos acontecimentos em que tenho me envolvido na mídia e que estou totalmente alheio. Depois de tomar a decisão de separar-se judicialmente e deixar de viver juntos, aguardando o processo de divórcio, quem imaginaria que além de enfrentar a conhecida dor que uma separação acarreta, e aceitar o luto que o insucesso de um projeto familiar acarreta a quem eu havia me entregado de corpo e alma, teria que enfrentar essa ignomínia. Eu precisei de tempo para digerir esse choque.

Na minha vida sempre estive e sempre estarei do lado das vítimas. Com a gravidade da acusação, só nos resta confiar e na boa condução da justiça. Peço que respeitem minha intimidade e de meus filhos

Obrigado a todas as pessoas que me mostraram seu apoio, carinho e respeito.

ENTENDA O CASO HAKIMI

O caso teria se dado em Boulogne-Billancourt, comuna francesa localizada em Paris, na região administrativa do Parc Des Princes, estádio do PSG. Após se conhecerem pelo Instagram em meados de janeiro, a vítima foi à casa do jogador a bordo de um Uber, pago por Hakimi.

Na casa, "as coisas saíram do controle", segundo a própria mulher ao relatar o acontecimento. Contra sua vontade, o lateral do PSG teria retirado suas vestes, beijado seus seios e penetrado suas partes íntimas com as mãos. A jovem, que não teve sua identidade revelada, conseguiu escapar ao chutar Hakimi. Fora do apartamento, ela enviou uma mensagem a um amigo para resgatá-la de carro e a socorrer no local.

Fora da partida do Paris Saint-Germain por causa de uma lesão no quadril, Hakimi estaria sozinho em sua casa - o que propiciou a visita da jovem. De acordo com registro nas redes sociais, sua mulher, a atriz Hiba Abouk, e seus dois filhos estão de férias em Dubai.

QUEM É ACHRAF HAKIMI?

Contratado junto à Inter de Milão, Hakimi chegou ao PSG em 2021. Anteriormente, acumulou passagem pelo Real Madrid e se projetou para o futebol mundial com boas atuações pelo Borussia Dortmund. O jogador foi destaque da seleção marroquina na Copa do Mundo do Catar, quando alcançou as semifinais da competição. Na atual temporada, marcou quatro gols e deu cinco assistências nas 31 partidas que disputou. Na segunda-feira, o lateral compareceu à cerimônia do Fifa The Best, sendo escolhido para a seleção do ano da FIFPRO e ficando na oitava posição no prêmio de melhor do mundo.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade