PUBLICIDADE

PF investiga "Navio Cabaré", que tem shows sertanejos, após denúncia de sequestro e abuso sexual

Quatro mulheres foram resgatadas de navio que tem em sua programação shows de Leonardo e da dupla Bruno e Marrone

17 nov 2023 - 11h09
(atualizado às 13h54)
Compartilhar
Exibir comentários
"Navio Cabaré" tem apresentações dos sertanejos Leonardo e Bruno & Marrone
"Navio Cabaré" tem apresentações dos sertanejos Leonardo e Bruno & Marrone
Foto: Reprodução/Instagram/naviocabare

A Polícia Federal investiga denúncia de quatro mulheres vítimas de importunação sexual, sequestro, assédio sexual e tráfico de pessoas no navio Cabaré, cruzeiro de música sertaneja que acontece pelo mar brasileiro. Na segunda-feira, 13, as vítimas de 18 a 21 anos foram resgatadas pela polícia federal em uma das rotas do navio em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. 

Segundo a polícia, as jovens são modelos e foram contratadas por uma agência para estarem no navio. De acordo com as mulheres, os funcionários do navio não deixavam elas falarem com outras pessoas e não podiam andar sem supervisão. Além disso, as modelos também desconfiam da procedência das bebidas oferecidas a elas. 

As jovens foram resgatadas após uma delas conseguir acessar o celular e contar o caso à família, que denunciou a suspeita para a PF. Na segunda-feira, quando as jovens foram resgatadas, o organizador do cruzeiro temático foi preso em flagrante.

Como reunir provas para denunciar assédio Como reunir provas para denunciar assédio

Jovens entre 18 e 21 anos denunciaram os crimes à PF
Jovens entre 18 e 21 anos denunciaram os crimes à PF
Foto: freepik

Evento da empresa Promoação, o "Navio Cabaré" deste ano aconteceu nos dias 12 a 15 de novembro e teve como atração principal os sertanejos Leonardo e a dupla Bruno e Marrone. Em nota ao jornal O Globo, a Promoação diz que a denúncia é “infundada e desprovida de qualquer prova”. Além disso, a empresa também comunicou que os cantores não têm nenhuma ligação com a suspeita e afirmam que não houve prisão em flagrante. 

Fonte: Redação Nós
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade