PUBLICIDADE

Presidente da Parada diz que não puxará grito 'Lula Lá' e nem 'Fora Bolsonaro'

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Claudia Garcia definiu o evento como 'um movimento suprapartidário'

19 jun 2022 10h05
| atualizado em 20/6/2022 às 12h41
ver comentários
Publicidade
Parada do Orgulho LGBT de São Paulo - APOGLBT
Parada do Orgulho LGBT de São Paulo - APOGLBT
Foto: Parada do Orgulho LGBT de São Paulo - APOGLBT / Parada do Orgulho LGBT de São Paulo - APOGLBT

Com o tema "Vote com orgulho - por uma política que representa", a 26ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, apresentada por Terra e Smirnoff, volta para a avenida Paulista, na região central de São Paulo, neste domingo, 19, mais politizada. Ainda assim, a presidente da organização da parada, Claudia Regina dos Santos Garcia, define o evento como 'um movimento suprapartidário'.

"Não vou puxar nem 'Lula Lá' nem 'Fora Bolsonaro'", diz ela em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo. "Não vou discursar a favor ou contra um candidato, somos um movimento suprapartidário. Mas defenderemos um voto que seja representativo dos nossos direitos, um voto progressista, tanto no executivo como no parlamento", pontuou Garcia, que é presidente da Parada desde 2017.

Apesar de ter uma trajetória ligada à fundação do PT, ela afirma respeitar 'o voto de todos, inclusive porque há bolsonaristas na comunidade.' Mas enfatiza o retrocesso na garantia dos direitos LGBTQIA+ no governo Bolsonaro e critica a falta de recursos públicos direcionadas a campanhas de conscientização e políticas inclusivas.

"Em 2005, íamos às escolas para falar de diversidade. Hoje não existe espaço para isso", aponta Garcia, que diz que os ataques ao presidente e aos seus aliados podem ter tido efeito contrário na sociedade. Segundo ela, há muito mais denúncias e notícias de violências cometidas contra a comunidade gay, "a um nível que não se via desde os anos 1970".

Mas, paralelamente a esse retrocesso, Garcia cita uma maior comoção coletiva contrária ao racismo e à homofobia e destaca a força que artistas trans ganharam nos últimos anos tanto nas redes sociais quanto nos shows.

#TerraNaParada

Terra e Smirnoff apresentam a 26ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo, que este ano tem como tema "Vote com orgulho - por uma política que representa". Acompanhe a cobertura completa do evento em Terra NÓS, a vertical de diversidade do Terra, e fique por dentro do movimento LGBTQIA+ na Paulista e pelo mundo. E usando a hashtag #TerraNaParada nas suas redes sociais você pode entrar nessa com a gente!

Parada LGBT+ volta à Av. Paulista com patrocínio do Terra:

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade