PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Monitoramento de extremistas pela Abin levou polícia até professor investigado por racismo e nazismo

O monitoramento de grupos extremistas, pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), levou a Polícia Civil até o professor de Pinhais,...

19 abr 2024 - 14h55
(atualizado às 15h21)
Compartilhar
Exibir comentários
Símbolo nazista era recorrentemente compartilhado pelo professor
Símbolo nazista era recorrentemente compartilhado pelo professor
Foto: Banda B

O monitoramento de grupos extremistas pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) levou a Polícia Civil até o professor de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, investigado por apologia ao nazismo, racismo e outros crimes de ódio. Ainda na quinta-feira (18), após o cumprimento de mandados de busca e apreensão, a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Paraná (Seed-PR) determinou o afastamento temporário do professor, que atua em duas escolas da rede.

De acordo com a Abin, esforços contra grupos extremistas atuantes no Brasil e cuja ideologia estimula o recurso à violência contra grupos étnicos específicos, mulheres e minorias estão sendo intensificados.

"Os objetivos da Agência são mapear estruturas extremistas, verificar vínculos com grupos estrangeiros similares, apurar os efeitos negativos do crescimento dessas ideologias para a Democracia e colaborar com as autoridades de segurança para neutralizá-las", diz a agência.

O professor é suspeito de incitar discriminação e preconceito de raça, cor e procedência nacional, e de veicular símbolos para apologia ao nazismo. No caso em questão, as publicações faziam apologia ao regime totalitário, difundiam o antissemitismo e estimulavam o negacionismo do holocausto.

Com a constatação do risco potencial representado pelo professor, a Abin recorreu à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a quem repassou as informações que basearam a investigação que conduziu à ação desta quinta-feira.

Banda B
Compartilhar
Publicidade
Publicidade