PUBLICIDADE

Exclusivo: gerente geral da Sony garante Vita e PSN no Brasil

8 jun 2011 11h09
| atualizado em 10/4/2013 às 16h14
Publicidade

Guilherme Zanini
Direto de Los Angeles

O primeiro dia da E3, em Los Angeles, foi especial para os gamers brasileiros, em especial os usuários do Playstation. A Sony anunciou durante uma conferência para a imprensa uma plataforma exclusiva para o mercado brasileiro, a PSN Brasil. Além disso, o game Infamous 2 ganhou uma versão em português que deverá sair até o fim de 2011.

» Fãs lotam E3 para ver novidades do setor de videogames
» Novo console PlayStation Vita mostra suas armas em Los Angeles
» Garotas embelezam primeiro dia da E3

Em entrevista exclusiva ao Terra, Anderson Gracias, gerente geral da divisão Playstation no Brasil, acredita que o país "é a bola da vez". "Teremos uma loja voltada para o mercado local, com características próprias", afirmou.

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

Terra - A Sony lançou um site e um blog do Playstation apenas para o Brasil, com conteúdo próprio. O jogo Infamous 2 ganhou uma versão nacional. A Sony esta abrindo mais os olhos para o mercado brasileiro?
Anderson Gracias - Veja bem, hoje o Brasil é a bola da vez, não só em games, mas no nosso ramo, creio que hoje demos um passo muito importante da marca Playstation no País. Nos estabelecemos no Brasil em outubro de 2009, ou seja, menos de dois anos, e veja o que esta acontecendo. Teremos uma loja voltada para o mercado local, com características próprias. O lançamento de mais um game para o Brasil, como é o caso do Infamous 2 só aumenta a ligação entre a empresa e os gamers brasileiros. Para pouco tempo, creio que estamos conseguindo coisas muito boas. Sem duvida, o Brasil é um País importantíssimo para a Sony.

Terra - Se o Brasil é importante assim para a empresa, quando o PS Vita será lançado no País?
Gracias - Na segunda-feira (6), ocorreu o lançamento mundial do console (portátil), então não sei dizer agora quando será o lançamento no Brasil, mas posso garantir uma coisa: sem dúvida alguma, o PS Vita será lançado no Brasil.

Terra - Até o fim do ano seria um bom prazo?
Gracias - Eu torço muito pelo lançamento, pois é um aparelho fantástico, com uma tela maravilhosa, duas câmeras, inúmeras funções. Mas até o fim de 2011 eu acho muito difícil o PS Vita ser lançado no Brasil. Mas em 2012, certamente será. A versão com wi-fi chegará primeiro aos consumidores brasileiros, já a versão com internet 3G ainda está incerta no país, pois estamos tratando com diversas empresas de telefonia da América Latina para futuras parcerias. O preço do PS Vita no Brasil ainda não esta definido.

Terra - Muito tem se falado sobre os problemas enfrentados pela Sony com os hackers, que já conseguiram violar um sistema que, dito pela própria empresa, era imune a esses ataques. Com relação ao PS Vita, o sistema está blindado?
Gracias - Olha, eu não sou expert no assunto, por isso não posso dar uma informação precisa sobre o sistema do PS Vita, mas posso afirmar que o sistema do novo console e confiável, sim.

Terra - Quais providências a Sony deverá tomar contra as recentes ações dos hackers?
Gracias - Como disse anteriormente, esses assuntos nem passam por mim. A gestão disso é feita fora do Brasil, por pessoas especializadas para resolver esse tipo de situação.

Terra - A Microsoft e Nintendo lançaram o novo Kinect e o Wii U, respectivamente, prometendo revolucionar o mercado. Como a Sony recebe isso?
Gracias - Para nós isso é bom, pois qualifica mais o mercado, colocando mais concorrência. Isso obriga a gente a lançar materiais com mais qualidade.

Terra - O que o gamer brasileiro, em especial o fã de Playstation, pode esperar da Sony?
Gracias - Se eu pudesse, eu diria: "fiquem conosco, pois não irão se arrepender". Estamos trabalhando há tão pouco tempo e já conseguimos muitas novidades, sempre agregando algo novo aos nossos serviços. Posso adiantar que em novembro será lançado Uncharted 3 também para o mercado brasileiro, nos mesmos moldes de Infamous 2.

Anderson Gracias, gerente geral da divisão Playstation no Brasil
Anderson Gracias, gerente geral da divisão Playstation no Brasil
Foto: Guilherme Zanini / Terra
Fonte: Terra
Publicidade