PUBLICIDADE

Relembre jogos clássicos de pancadaria dos fliperamas

Games de briga de rua nasceram na década de 80 nos arcades e até hoje divertem os fãs

1 dez 2021 18h39
ver comentários
Publicidade
Jogos de pancadaria do tempo dos fliperamas:

O beat 'em up, também conhecido como jogos de briga de rua ou de pancadaria, é um gênero que nasceu em meados da década de 1980 e que praticamente dominou as casas de fliperamas e consoles domésticos na década seguinte - e até hoje recebe ótimos títulos, como o recente Streets of Rage 4, provando que o gênero tem ainda muito a oferecer.

Grandes franquias nasceram nos saudosos fliperamas e deixaram saudades em jogadores veteranos, mas para te ajudar a relembrar (ou conhecer) estes clássicos, o Game On separou uma lista com alguns destes títulos inesquecíveis - e no vídeo você pode conferir estes e outros games com a pancadaria rolando solta!

Double Dragon

Foto: Divulgação

Lançado pela já extinta Technos em 1987, Double Dragon é considerado uma das primeiras grandes referências para os jogos de pancadaria beat 'em up, introduzindo alguns elementos novos para o gênero como jogabilidade cooperativa para dois jogadores, uma progressão de rolagem lateral e a capacidade de usar as armas dos inimigos quando desarmados.

A história se passa em uma Nova York pós-apocalíptica, com os irmãos protagonistas Billy e Jimmy Lee, que precisam salvar a namorada de Billy que foi sequestrada por uma gangue. O jogo fez um grande sucesso nos arcades e ganhou versões em vários consoles e até hoje é muito lembrado pelos fãs. O título mais recente da franquia é Double Dragon IV, lançado pela Arc System Works em 2017 para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch, utilizando gráficos e gameplay no estilo 8 bits, mas que infelizmente não agradou muito aos fãs.

Teenage Mutant Ninja Turtles

Foto: Divulgação

O desenho original das Tartarugas Ninjas foi um fenômeno na televisão no final da década de 1980, sucesso que se repetiu na tela dos fliperamas graças ao game lançado pela Konami em 1989, e que permitia que até quatro jogadores jogassem ao mesmo tempo para derrotar Krang, o Destruidor e seu exército de vilões. O jogo virou uma febre mundial e ganhou versões em vários consoles, além de uma sequência direta nos arcades chamada Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time, que também fez um enorme sucesso.

Durante os anos 2000 foram lançados alguns games inexpressivos, com os direitos de desenvolvimento passando da Konami para a Ubisoft e então para outros estúdios, sendo o título mais recentemente anunciado o Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder's Revenge, dos estúdios Tribute Games e Dotemu e inspirado no desenho e games clássicos dos anos 80/90, com lançamento marcado para 2022 no PC e Nintendo Switch.

Final Fight

Foto: Divulgação

Em 1989 os fãs dos jogos de pancadaria também ganharam Final Fight, grande clássico da Capcom. O jogo começou a ser desenvolvido como uma sequência do Street Fighter original, lançado em 1987, mas devido ao grande sucesso de Double Dragon, a Capcom mudou o estilo do jogo para um beat 'em up e assim garantiu mais um hit nas casas de fliperamas. O jogo se passa na fictícia cidade de Metro City, onde o atual prefeito, o ex-lutador Mike Haggar, precisa salvar a filha sequestrada por uma gangue, e pra isso conta com a ajuda de Cody, namorado de Jessica, e do amigo Guy - uma narrativa que foi inspirada no filme Ruas de Fogo, de 1984.

O game chamava a atenção pelos seus personagens grandões na tela e pelos cenários detalhados, além de um gameplay bem simples que usava apenas dois botões. O título ganhou duas sequências diretas no Super Nintendo, além de alguns games derivados nos anos seguintes e alguns personagens aparecem como lutadores jogáveis em outras franquias da Capcom até hoje, como Street Fighter.

The Simpsons

Foto: Divulgação

Após ganhar o mundo com os games das Tartarugas Ninjas, a Konami ganhou a chance de lançar a primeira adaptação do desenho dos Simpsons em 1991, dois anos após a estreia da série animada na TV norte-americana, e que já uma febre na cultura pop da época. O game herdou vários elementos do game de Donatello e sua turma, como a possibilidade de quatro jogadores simultâneos na tela.

Com um visual que reproduzia perfeitamente o desenho animado, os jogadores encarnavam Bart, Lisa, Homer e Marge no resgate à pequena Maggie, que foi raptada pelo temível Sr. Burns, passando por vários cenários e personagens icônicos de Springfield. Depois desse título, vários games da famosa família aloprada foram lançados para os consoles, mas até hoje, 30 anos depois, o jogo de arcade é lembrado como um dos melhores da história.

Cadillacs & Dinosaurs

Foto: Divulgação

Cadillacs e Dinossauros, uma mistura bem esquisita que deu muito certo nos fliperamas da Capcom em 1993. O game na verdade não é uma criação 100% da Capcom, mas sim baseada em uma história em quadrinhos chamada Xenozoic Tales, lançada pela editora Kitchen Sink Press entre 1987 e 1996. A história é ambientada em um futuro pós-apocalíptico, quando após séculos vivendo no subterrâneo, os humanos retornam para a superfície para restaurar sua civilização, mas encontram dinossauros vivendo no planeta.

É nesse ambiente que os quatro protagonistas Jack Tenrec, Hannah Dundee, Mustapha Cairo e Mess O’Bradovich, partem em uma jornada, dentro de um clássico Cadillac, para dar fim a uma gangue de caçadores de dinossauros. O seu estilo diferentão chamou a atenção dos jogadores de fliperamas, que gostaram principalmente do gameplay dinâmico, que permitia o uso  de uma enorme quantidade de armas. Um clássico que ficou restrito aos arcades e que provavelmente não deve retornar em uma coletânea ou como um remake, já que envolve a negociação de várias marcas diferentes, incluindo a General Motors para licenciar outra vez a marca Cadillac.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade