PUBLICIDADE

Notebook Gamer: o que precisa ter em 2022?

Montamos um guia para entender o que é necessário para rodar aquele Elden Ring da massa ou o sempre-popular Fortnite de sexta à noite.

13 abr 2022 - 08h00
(atualizado às 10h25)
Ver comentários
O que um notebook gamer precisa ter em 2022?:

Novos jogos surgem todos os dias e uma das principais preocupações de um jogador de PC é se sua máquina é capaz de rodar as novidades do momento. Tendo isso em vista, montamos um guia para entender o que é necessário para rodar os principais games do ano de 2022, tentando entender o que é preciso para que um notebook gamer apresente um desempenho satisfatório em três categorias diferentes que vão desde os games populares, mais simples, até os lançamentos AAA mais exigentes do mercado. 

Nota-se que os jogos tomados como exemplos para cada categoria foram selecionados tendo em vista o número de jogadores em simultâneo, como demonstrado pelo SteamDB, além do hype que normalmente cerca tais títulos. Essa abordagem foi feita porque é necessário entender o perfil de jogador de alguém para que seja possível traçar as suas necessidades no que diz respeito ao hardware exigido. Os comparativos de hardware, por sua vez, foram feitos com o auxílio de dois bancos de dados, o Videocard Benchmarks e o CPU Benchmarks, ambos da PassMark Software. 

Foto: GameON

Entendendo a terminologia

Antes de começarmos definitivamente, é necessário também entender um pouco da terminologia da computação, uma vez que, para jogar, um conhecimento básico a respeito do que faz cada componente é necessário. 

Primeiramente, o elemento mais básico de um notebook gamer é seu processador, visto que é ele quem coordena todas as outras unidades que compõem a máquina e a faz funcionar de forma apropriada. De tal maneira, um processador potente é necessário para rodar os jogos mais exigentes do mercado. 

Em seguida, outra preocupação natural dos jogadores é a placa de vídeo. Com o avanço da tecnologia gráfica, os games atuais reproduzem visuais cada vez mais verossímeis e realistas, exigindo boa quantidade de processamento. Assim, a placa de vídeo — por vezes também chamada de GPU — faz o trabalho de reproduzir a interface gráfica na tela. Dessa maneira, visuais elaborados exigem GPUs mais potentes. 

A RAM, por sua vez, é um tipo de memória necessária para que o computador consiga manter os programas em tempo real. Jogos mais pesados acabam exigindo maior quantidade de RAM. 

Em contrapartida, há também a memória de armazenamento, que é necessária para guardar os arquivos do computador. Atualmente, os discos de estado sólido — os famigerados SSD — assumiram boa parcela do mercado, pois a despeito do maior custo por byte em relação aos discos rígidos tradicionais, o poder de leitura e processamento de tais unidades se torna imprescindível para uma jogatina mais fluida e carregamentos mais ágeis.

Por fim, é importante também ficar de olho na taxa de atualização da tela, visto que não adianta nada investir em potência e não contar com um ecrã capaz de reproduzi-la em tempo real. Um bom monitor integrado é crucial para um notebook gamer. Mesmo sendo possível realizar uma conexão externa via HDMI, por estarmos falando a respeito de Notebooks, também estamos atrás de portabilidade e, portanto, atrás também do menor número possível de adicionais periféricos. 

O Notebook Gamer Básico

Counter Strike: Global Offensive é um dos jogos mais populares da Steam demanda pouco de hardware, rodando em máquinas bem modestas (imagem: Valve/Divulgação)
Counter Strike: Global Offensive é um dos jogos mais populares da Steam demanda pouco de hardware, rodando em máquinas bem modestas (imagem: Valve/Divulgação)
Foto: GameON

Para entendermos o que é um notebook básico, separamos os requisitos mínimos de alguns dos principais e menos exigentes games disponíveis. Dito isso, nosso trabalho foi encontrar o denominador comum entre Minecraft, Fortnite, Counter Strike: Global Offensive, League of Legends, World of Warcraft, Free Fire, Rocket League e Lost Ark.

Embora bem populares até hoje, a maioria desses jogos é bem antigo, o que quer dizer que a tecnologia exigida acabou ficando mais barata com o tempo, fazendo com que a maioria dos notebooks no mercado sejam capazes de rodá-los sem problema. Mesmo Lost Ark, que é mais novo, só se sobressai em relação aos outros por exigir 8GB de RAM, ao invés de 4GB. 

De um modo geral, observou-se que a maioria deles exige processadores bem básicos para funcionar, sendo que um Core i3 de pelo menos 3.0 ghz já dá conta do recado na maioria dos casos. A maioria desses jogos também não demanda uma placa de vídeo poderosa, apresentando um desempenho satisfatório com a GPU integrada — como uma Intel UHD Graphics. 

Dos games listados, a maior variação possível está na RAM. Embora a maioria não exija mais do que 4 GB, o valor mais seguro a se apostar nesse aspecto é em um Notebook com 8GB de memória. Além disso, é imprescindível que o sistema operacional seja, no mínimo, um Windows 7 de 64-bits. A maior preocupação, então, recai em alguma máquina com pelo menos 256 GB de armazenamento, no caso, com um SSD básico que armazene o Windows. 

Levando tudo em conta, a maioria dos notebooks modernos encontrados no mercado são boas pedidas e mais do que capazes de rodar os games listados. A atenção maior fica em evitar algumas máquinas realmente básicas que, no fundo, não passam de um smartphone glorificado de tela grande. 

Tendo isso em vista, um notebook com as seguintes especificações já roda a maioria desses principais MMOs supracitados:

ProcessadorIntel Core i3-1115G4
RAM8 GB
Placa de VídeoUHD Graphics Xe G4
Sistema OperacionalWindows 7 64-bits
ArmazenamentoSSD de no mínimo 256 GB
MonitorTaxa de atualização de ao menos 30 Hz

Assim, sugere-se os seguintes modelos capazes de atender as necessidades mais básicas:

  • Samsung Book vem com um processador Intel Core i3-1115G4, placa de vídeo integrada UHD Graphics Xe G4, conta com 8GB de RAM, SSD de 256GB, e uma tela de 15,6 polegadas, além de trazer o Windows 11 como sistema operacional incluso.
  • O Lenovo Ideapad 3i vem com um processador Intel Core i5-10210U, placa de vídeo integrada Intel UHD Graphics 600, conta com versões que vão de 4GB a 8GB de RAM, SSD de 256GB, e tela de 15,6 polegadas, além de trazer o Windows 11 como sistema operacional incluso.
  • O Acer Aspire A514-54-397J vem com um processador Intel Core i3-1115G4, placa de vídeo integrada UHD Graphics Xe G4, conta com 8GB de RAM, SSD de 256GB e uma tela de 14 polegadas, além de trazer o Windows 10 como sistema operacional incluso. 
  • O Asus X515 vem com um processador Intel Core i3-1115G4, placa de vídeo integrada UHD Graphics Xe G4, conta com 4GB de RAM, SSD de 256GB e uma tela de 15,6 polegadas, além de trazer o Windows 11 como sistema operacional incluso. 

O Notebook Gamer Intermediário

Final Fantasy XIV é um dos MMORPGs mais jogados do momento e exige uma máquina mediana para conseguir rodar apropriadamente (imagem: Square Enix/Divulgação)
Final Fantasy XIV é um dos MMORPGs mais jogados do momento e exige uma máquina mediana para conseguir rodar apropriadamente (imagem: Square Enix/Divulgação)
Foto: GameON

Um Notebook considerado intermediário normalmente consegue rodar sem problemas um jogo de sucesso que no passado pode ser robusto, mas que hoje se torna bem menos exigente por conta dos avanços tecnológicos já vigentes no mercado. 

É muito complicado determinar com exatidão o que faz uma máquina se enquadras na categoria intermediária, visto que as de alta performance são o que há de mais moderno (e caro) no mercado, enquanto os básicos geralmente são que estão mais em conta. 

Isso também se deve por conta do amplo espectro de games que podem se enquadrar nessa categoria, visto que um Notebook considerado mediano provavelmente pode ser capaz de rodar desde Grand Theft Auto V, Final Fantasy XIV e Destiny 2, a outros nomes de peso mais recentes, como God of War, Monster Hunter World e o FIFA do ano. 

Essa variação se deve por conta das diversas possibilidades de configuração de cada título, visto que uma máquina dessa pode rodar games robustos com desempenho inferior, mas outros mais leves de forma bem satisfatória. 

Ainda, alguém preocupado em rodar jogos com uma máquina média deve se atentar a mais coisas, como armazenamento SSD e uma tela com maior taxa de atualização para reproduzir os jogos com melhor propriedade. 

Assim, tendo em vista os games que selecionamos de exemplo, o único fator comum em todos os jogos listados são os 8 GB de RAM. O processador varia bastante, sendo o I5-3470 sugerido GTA V o menos potente, enquanto o Monster Hunter World pede um i7-3770 para rodar apropriadamente — em ambos os casos, levamos em consideração os critérios recomendados divulgados para ambos os títulos. A variação entre as GPUs também é bem ampla. Monster Hunter World e GTA V são os representantes dos dois extremos, recomendando uma NVidia GeForce GTX 1060 e uma GTX 660, respectivamente. 

Ou seja, as especificações de um notebook gamer intermediário devem se enquadrar por volta das seguintes:

ProcessadorIntel Core i5-3770 @ 3.40GHz
RAM8 GB
Placa de VídeoGeForce GTX 1650
Sistema OperacionalWindows 10 64-bit
ArmazenamentoSSD de no mínimo 512 GB
MonitorTaxa de atualização de ao menos 60 Hz

Com isso, sugerimos as seguintes opções de Notebooks que podem ser considerados intermediários — tendo em vista a ampla variedade de possibilidades dentro desse espectro:

  • O Acer Nitro modelo AN515-55-59T4 vem com Intel Core i5-10300H vem com Intel Core i5-10300H, placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 1650, 8GB de RAM e SSD 512 GB, além de tela de 15,6 polegadas de 60 Hz.
  • O Asus X571 vem com um processador Intel Core i5-9300H, placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 1650, 8GB de RAM e SSD 512 GB, além de tela de 15,6 polegadas de 120 Hz.
  • O Lenovo Gaming 3i vem com um processador Intel Core i5-10300H, placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 1650, 8GB de RAM e SSD 512 GB, além de tela de 15,6 polegadas de 60 Hz.

O Notebook Gamer de Alta Performance

O primeiro desafio oferecido por Elden Ring é fazer o próprio game rodar, visto que é um dos títulos modernos que mais demandam na questão de hardware (imagem: From Software/Divulgação)
O primeiro desafio oferecido por Elden Ring é fazer o próprio game rodar, visto que é um dos títulos modernos que mais demandam na questão de hardware (imagem: From Software/Divulgação)
Foto: GameON

Um notebook gamer de alta performance deve ser capaz de rodar os games mais exigentes do mercado sem fazer um pingo de esforço, como os principais lançamentos AAA dos últimos e dos próximos anos. Para tal, levamos em conta os requisitos recomendados exigidos por títulos como Final Fantasy 7 Remake Intergrade, Cyberpunk 2077, Elden Ring e Red Dead Redemption 2.

Para isso, é necessário um processador robusto. Elden Ring é facilmente o mais exigente destes nomes, sugerindo um i7-8700K (i5-8400, nas especificações mínimas), com o Cyberpunk logo atrás, exigindo ao menos um i7-4790K. O mesmo se aplica a memória RAM: nenhum desses games oferece um desempenho satisfatório com menos de 12 GB de memória. Das placas de vídeo, a mais “simples” é uma GTX 1060 de 6GB exigido por Cyberpunk 2077 e Red Dead Redemption 2, enquanto Elden Ring continua com os critérios mais robustos, precisando de uma GTX 1070 de 8 GB. 

Ademais, o SDD é sempre sugerido no intuito de otimizar o desempenho, diminuindo os tempos de leitura e de carregamento, além do fato de um notebook gamer de excelência naturalmente traz uma tela de alta taxa de atualização — 100 Hz para cima. 

Ou seja, as especificações de um notebook gamer de alta performance deve se enquadrar por volta das seguintes:

ProcessadorIntel Core i5-8400 @ 2.80GHz
RAM16 GB
Placa de VídeoGeForce GTX 1070
Sistema OperacionalWindows 10 64-bit
ArmazenamentoSSD de no mínimo 512 GB
MonitorTaxa de atualização de ao menos 100 Hz

Tendo isso em vista, o que há de notebook gamer mais parrudo no mercado é representado pelos seguintes modelos:

  • O Dell G15 vem com opções de processador Intel Core que podem variar do i5-11400h ao i7-11800H, placa de vídeo Nvidia GeForce RTX3060 6GB, 16GB de RAM e SSD de pelo menos 512GB, além da tela de 15,6 polegadas que vai de 120hz a 160hz. 
  • O Acer Predator Helios vem com o processador Intel Core i7-11800H, placa de vídeo Nvidia GeForce RTX3060 6GB, 16GB de RAM e SSD de 512 GB, além da tela de 15,6 polegadas de 144 Hz. 
  • O Lenovo Legion Slim 7 vem com o processador AMD Ryzen que podem variar do 5 5600H ao 7 75800H, placa de vídeo que varia entre a GeForce RTX3050 Ti e a GeForce RTX 3060, 16GB de RAM e SSD de 512 GB, além da tela de 15,6 polegadas de 165 Hz. 
  • O Razer Blade 17 vem com processador Intel Core que pode variar do i7-12800H ao i9-12900h, placa de vídeo que varia entre a GeForce RTX 3060 e a GeForce RTX 3080 Ti, 16GB a 32 GB de RAM  e SSD de 1TB, além de telas com 17,3 polegadas de, no mínimo. 165 Hz.

E aí, quais outros modelos você recomenda? Comente aqui em baixo!

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade