PUBLICIDADE

Melhores controles para celulares Android e iPhone

Confira uma seleção de joysticks mobile e saiba como escolher um controle para seu celular

7 out 2021 17h05
| atualizado às 17h11
ver comentários
Publicidade
Razer Kishi
Razer Kishi
Foto: Razer / Divulgação

Praticidade e diversão são os elementos principais por trás de toda a popularidade dos jogos em dispositivos móveis. Cada vez mais complexos, eles exigem reflexo e precisão muitas vezes difíceis de se alcançar nas telas sensíveis ao toque, tornando os controles uma excelente pedida para as longas horas de jogatina. 

O crescimento do mercado de games mobile é exponencial ao longo dos últimos anos: A Pesquisa Game Brasil (PGB) aponta o celular como a plataforma favorita de aproximadamente 40% dos jogadores. Além disso, a chegada do serviço Xbox Cloud Gaming deve aumentar ainda mais a parcela da população que usa dispositivos móveis para se divertir com jogos. 

Pensando nisso, o Game On separou quatro joysticks para celulares que podem tornar sua jogatina ainda mais prazerosa.

Joystick Ípega PG-9025

Ípega PG 9025
Ípega PG 9025
Foto: Ípega / Divulgação

Compatível com: Android e iOS (apenas no modo iCade).
Preço: entre R$ 170 e R$ 215.

Começamos nossa lista com um dos melhores controles em relação custo benefício. O Ípega PG-9025 tem um bom acabamento, com uma superfície emborrachada e 19 botões, dispostos de maneira semelhante à dos controles de Xbox. Além disso, ele conta com dois gatilhos traseiros e botões dedicados à funções multimídia. É possível acoplar o celular através de um clipe, que parece um pouco frágil em comparação ao restante do produto.

Sua conexão é Wireless e Bluetooth 3.0, que suporta até 10 metros de distância, além de poder ser usado em tablets e computadores. O Ípega PG-9025 funciona perfeitamente em sistemas Android e, embora compatível, é um pouco decepcionante no iPhone e iPad, sendo reconhecido apenas no modo iCade.

É um controle bem completo, mas deixa um pouco a desejar na ergonomia, lembrando a pegada dos antigos controles de Super Nintendo e tornando as longas jogatinas cansativas, principalmente para jogadores que têm as mãos grandes. Por fim, ele não possui sistema de vibração e a autonomia da bateria é de até 20 horas de uso contínuo, com um tempo de carregamento de 2 horas feito através de um cabo USB que acompanha o produto.

GameSir T4 Pro

GameSir T4 Pro
GameSir T4 Pro
Foto: GameSir / Divulgação

Compatível com: smartphones e tablets Android (8.0 ou posterior) e iOS (13.0 ou posterior), Windows (7 ou posterior) e Nintendo Switch.
Preço: entre R$ 250 e R$ 300.

O rei da compatibilidade possui botões programáveis distribuídos de forma parecida com os controles atuais de Xbox. Há quatro botões traseiros, que podem ser muito úteis em jogos de última geração, principalmente do gênero de tiro em primeira pessoa. O controle ainda conta com um giroscópio de seis eixos integrado, que traz precisão em jogos do Nintendo Switch. 

Sua conectividade é feita via Bluetooth 4.0 ou dongle de 2,4GHz e sua ergonomia é pensada em conforto, com uma pegada que lembra muito a do Nintendo Switch Pro Controller, inclusive pela superfície lisa. Com direito a sistema de vibração e iluminação LED, atualmente o GameSir T4 Pro é uma das melhores opções do mercado, deixando a desejar apenas em sua autonomia, de cerca de oito horas. 

GameSir G5

Compatível com: Android (8.0 ou posterior) e iOS (9.0 ou posterior).
Preço: a partir de R$ 690

Projetado para jogos do gênero MOBA e FPS, o GameSir G5 é o modelo de topo da marca. Através de sua conexão Bluetooth 5.0, ele é compatível com dispositivos Android e iOS. O grande destaque do joystick é sua precisão e sua baixa latência, graças a um chip interno responsável por diminuir o “input lag”.

São mais de 30 botões de funções, além do d-pad com oito direções, características que o tornam perfeito para os MOBAS mais complexos. A ergonomia é adequada para a maioria dos jogadores e a autonomia é de até 10 horas, com tempo de carregamento de três horas. 

O ponto negativo do GameSir G5 é a dificuldade de configurá-lo perfeitamente. Embora o software GameSir World ajude, não será muito simples conseguir extrair todo o potencial de um controle com tantas funções. 

Razer Kishi

Razer Kishi
Razer Kishi
Foto: Razer / Divulgação

Compatível com: dispositivos Android com conexão USB-C e iPhones com conexão lightning.
Preço: a partir de R$ 750

É difícil falar de periféricos gamer sem falar da Razer. Pensando em toda a abrangência do mercado mobile e em seus fãs, a marca lançou o Razer Kishi. O joystick deixará seu celular parecido com um Nintendo Switch, o que pode não agradar a todos. 

O Razer Kishi é compacto e universal, se adequado à grande maioria dos smartphones através de seu design flexível, que permite que ele seja estendido e fixado ao celular através da porta USB-C. Há também uma versão do joystick para dispositivos iOS, com conector lightning.

Seus botões seguem o padrão adotado pelo Xbox, com dois direcionais analógicos clicáveis, d-pad de 8 direções, bumpers (L1/R1) e gatilhos (L2/R2). O grande destaque é a latência ultrabaixa graças ao fato do controle se conectar diretamente à porta de carregamento do dispositivo. 

O Kishi não possui bateria interna e utiliza a bateria do smartphone para funcionar, uma característica um tanto controversa, mas que é contornada pela tecnologia Pass Through Charging: basta conectar um cabo de carregamento ao controle que o celular também se carregará.

Assim como a grande maioria dos dispositivos Razer, o preço pode ser impeditivo e fazer com que a maioria dos jogadores prefiram outros modelos.

O que levar em conta ao escolher seu joystick?

Por fim, é importante termos em mente o que realmente importa na hora de escolher seu próximo controle. O primeiro e mais importante quesito é a ergonomia, já que você provavelmente passará algumas horas com o aparelho em mãos. A ergonomia vem sendo uma grande preocupação das empresas atualmente, afinal não é nada divertido sentir dores enquanto jogamos. 

A construção do aparelho também é importante - não queremos gastar dinheiro em algo que não tenha durabilidade. Compatibilidade e tipos de conexão são outros dois fatores essenciais: a maioria dos joysticks é compatível com dispositivos Android, mas nem todos são compatíveis com dispositivos iOS - esta é a primeira característica que você deve ficar atento se for dono de um iPhone ou iPad. Já as conexões variam entre Bluetooth, presente na maioria dos controles, Wireless e USB. 

Por fim, a duração da bateria também é relevante - sempre pesquise a autonomia média e a confiabilidade dos números informados - você não quer ficar na mão no meio de uma partida ranqueada.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade