PUBLICIDADE

Estudo revela que jogos ajudam a manter as famílias mais unidas

5 jan 2011 - 14h21
Compartilhar

Eles sofrem preconceito desde a sua popularização, e até hoje muitos culpam os games pela falta de convívio social das crianças. Contudo, uma pesquisa recente, realizada pela Memorex, revela que os jogos eletrônicos são o terceiro motivo que mantém as famílias unidas, atrás apenas de assistir filmes ou televisão e cozinhar em conjunto.

» Jogue games online

» Veja as últimas galerias publicadas no site

Ou seja, é o fim dos dias da maldição de que o videogame seria um fator de exclusão social. Ao que parece, a nova geração de pais não vê nos jogos eletrônicos um inimigo, mas sim um aliado do convívio familiar. "Os pais mais jovens conseguiram criar um novo papel para os jogos eletrônicos, introduzindo-os na vida familiar", explica Jess Walton, diretor global da Memorex, de acordo com o site Business Wire.

Ajuda bastante o fato de que a nova geração de pais também jogou videogames quando crianças, ao contrário das gerações das décadas de 1980 e 1990, cujos pais (avós das atuais crianças) não entendiam muito bem a então novidade.

Segundo a pesquisa, poucos adultos hoje se mostram incomodados com o fato de suas crianças jogarem videogames, sendo que 80% deles acreditam que na verdade os jogos eletrônicos são catalisadores de um maior convívio familiar, informa o site TG Daily.

"Houve uma rápida mudança em relação à atitude das famílias frente aos jogos eletrônicos no último ano, quando realizamos a primeira pesquisa. Felizmente, trata-se de uma mudança positiva, que mostra que as famílias preferem utilizar a tecnologia para envolver ainda mais seus membros", pontua Walton.

Geek
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra