PUBLICIDADE

A temporada dos finalistas do BR6 2021 na visão de embaixadores e influenciadores

Organizações profissionais buscam aproximação com públicos por meio de criadores de conteúdo; confira mais detalhes:

29 nov 2021 14h27
ver comentários
Publicidade

O cenário brasileiro de Rainbow Six Siege criou uma dinastia após as conquistas de todos os títulos internacionais disputados em 2021. Dentre eles, estão o Six Invitational e as duas edições do Six Major, a do México e a da Suécia, conquistados por Ninjas in Pyjamas, Team oNe e FaZe Clan, respectivamente. Mas não apenas os títulos que fizeram o R6 atrair os holofotes no país.

Embaixadores e influenciadores analisaram temporada dos finalistas do BR6 2021 (Foto: Divulgação)
Embaixadores e influenciadores analisaram temporada dos finalistas do BR6 2021 (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

Além de atletas de ponta, as organizações que disputam o Campeonato Brasileiro de R6 contam também com embaixadores de marcas, uma iniciativa que serve como forma de expandir a popularidade da equipe por meio do entretenimento.

Os influenciadores escolhidos geralmente possuem história dentro do R6, muitos desde o lançamento do jogo, como é o caso de João "Patife", figura constante desde o início do cenário e embaixador da FaZe Clan, equipe que também acompanha há anos: "Fazer parte da FaZe foi a coisa mais incrível que aconteceu, pois sempre acompanhei a organização desde quando comecei a produzir conteúdo, mas nunca pensei que poderia fazer parte da equipe não sendo jogador profissional. Ser da FaZe Clan é um estilo de vida, é ter ideias e conexões que possam aproximar os fãs de hoje e os futuros à organização".

E um dos streamers que mais tem feito mais sucesso dentro da comunidade de Rainbow Six é Rafael "RazaH", da Team Liquid. As lives funcionam como forma de entretenimento e também para manter a paixão do público pelo Siege.

A trajetória de RazaH dentro do R6 começou em 2017. Ele se classificou para disputar o primeiro Six Invitational jogando no XBOX, porém não chegou a competir por conta de problemas no visto de alguns companheiros de sua antiga equipe. Atualmente com a camisa da Team Liquid, faz lives diariamente, em especial aos fins de semana, quando acompanha junto com coaches e outros atletas o Brasileirão de R6.

- Acompanhando o campeonato, dá para perceber que nosso cenário está evoluindo. Temos times na parte de baixo da tabela que com frequência tiraram pontos das equipes do top 4 -. Rafael está sempre em contato com os jogadores da Liquid e as expectativas para a Cavalaria estão altas nessa fase final de BR6: - Conheço os dois jogadores que chegaram na line-up de longa data, em especial o resetz, que tenho contato há três anos. Quando esse time entrosar, será difícil de ser batido -.

Ex-jogador e agora embaixador do MIBR, Victor "HiT" acompanha semanalmente os campeonatos e diz que não é fácil: - A sensação de assistir o campeonato sem estar jogando é muito mais difícil. O coração fica apertado e você não consegue individualmente ajudar no coletivo da equipe -.

A grande final do torneio está marcada para o dia 4 de dezembro e o campeão irá faturar R$ 200 mil. O público poderá comparecer ao evento que acontecerá na MAX Arena, em São Paulo. Será o primeiro campeonato oficial da modalidade disputado de maneira presencial no Brasil e com presença do público neste ano. Todas partidas serão transmitidas nos canais oficiais do R6 Esports Brasil na Twitch e no YouTube. Para mais informações sobre as competições profissionais de R6, visite o site r6esports.com.br.

Lance!
Publicidade
Publicidade