PUBLICIDADE

Canal 3: veja tudo que rolou no evento de retrô games em SP

30 out 2023 - 14h01
Compartilhar
Exibir comentários

Os dias 28 e 29 de outubro foram especiais para os fãs de jogos antigos que moram ou estavam a passeio em São Paulo. No fim de semana em questão, a cidade sediou o Canal 3, evento dedicado ao cenário retrogamer brasileiro.

A equipe do Voxel esteve presente nessa grande celebração, que contou com lojas para comprar games antigos e até mesmo apresentação de jogos inéditos. Confira as nossas impressões e tudo que rolou no evento a seguir.

Canal 3 foi uma grande oportunidade para celebrar os games antigos.
Canal 3 foi uma grande oportunidade para celebrar os games antigos.
Foto:  Douglas Vieira/Voxel  / Voxel

Relembrando os velhos tempos

O cenário de jogos retrô vem ganhando cada vez mais espaço, e uma prova disso são os eventos que acontecem em alguns estados do Brasil. Só em São Paulo, tivemos em 2023 a Retrocon e o Canal 3, o que prova que essa vertente ainda tem bastante lenha para queimar.

Todas as áreas do Canal 3 traziam um pouco dessa nostalgia, sendo que a área de entrada já abrigava um palco para apresentações. Por lá, houve a oportunidade de acompanhar shows variados, como o de Megadriver e outros artistas que buscam inspiração nos games antigos para suas músicas.

Outro espaço bastante convidativo logo na entrada do evento era a Locadora Canal 3. Como o próprio nome dá a entender, a proposta aqui era simular uma locadora parecida com aquelas que visitávamos nos anos 90, com direito a game saloon (gratuito!) e até caixas de jogos expostas em prateleiras.

Difícil olhar uma prateleira assim e não sentir saudades das clássicas sextas-feira.
Difícil olhar uma prateleira assim e não sentir saudades das clássicas sextas-feira.
Foto:  Douglas Vieira/Voxel  / Voxel

Alguns fliperamas também estavam expostos pelo local, todos rodando emuladores com centenas de jogos disponíveis. A parte legal é que os visitantes sempre perguntavam antes de desafiar nos games de luta. Se estivesse curtindo algo mais voltado para aventura ou shmup, as pessoas respeitavam e esperavam você desistir para assumir o controle.

 O velho que inspira o novo: lançamentos de games

Quem andou pelo pavilhão do evento também teve a oportunidade de conferir uma área destinada a desenvolvedores independentes. Era possível experimentar alguns jogos que estão em produção, com destaque para três: Momo and the Mine, Green Memories e Reality Rash.

Tivemos a oportunidade de jogar um pouco de cada um deles, e daremos algumas impressões a seguir. Outro ponto importante é que todos eles possuem previsão de lançamento para 2024.

Momo and the Mine

Momo and the Mine
Momo and the Mine
Foto:  Steam/Divulgação  / Voxel

Momo and the Mine é um game inspirado nos títulos de plataforma lançados para Nintendinho. A proposta aqui é guiar uma toupeira pelos estágios para coletar palitos de fósforo e escapar de diversos perigos.

Tal como acontece em vários títulos da plataforma da Nintendo, é preciso passar por momentos em que os pulos precisam ser calculados para não cair em um buraco. No total, serão mais de 40 níveis para explorar e até mesmo confrontos contra chefes.

A versão que jogamos no evento tinha muito conteúdo a ser explorado. Além disso, tivemos a chance de ver que uma das maiores sacadas do game são as áreas interconectadas, permitindo ir e voltar facilmente caso tenha esquecido algo.

Green Memories

Green Memories
Green Memories
Foto:  Tengukaze/Divulgação  / Voxel

Um game estilo The Legend of Zelda com elementos de sobrevivência. Essa é a melhor forma de traduzir o sentimento em Green Memories.

Uma das coisas que mais chamou a atenção no game foi a sua mecânica de sobrevivência. Além de se preocupar com os inimigos, o protagonista também deve ficar atento ao ciclo de dia e noite. Enquanto no primeiro o calor faz diminuir a barra de vida, o período noturno faz o personagem andar mais devagar.

Para sobreviver a todos esses perigos é preciso usar bastante estratégia e gerenciamento de recursos. E acredite quando falamos em gerenciar recursos para sobreviver, pois até mesmo o ato de atirar para eliminar os inimigos faz com que o protagonista perca resistência e um pouco de vida.

Para quem gosta de games desafiadores e que também trazem várias quests e sistema de criação de itens, Green Memories é um game para ficar no radar.

Reality Rash

Reality Rash
Reality Rash
Foto:  Steam/Divulgação  / Voxel

Essa vai para aqueles que são fãs de beat'em up antigos, já que Reality Rash faz uma bela homenagem ao estilo. A inspiração máxima para ele foram games como Final Fight e Fighting Force, então já dá para ter uma ideia do que vem por aí.

A versão demonstrativa que estava na feira permitiu avançar por cinco áreas da primeira fase, com diversos inimigos, áreas exploráveis e chefes. Para dar cabo os inimigos os personagens podem usar socos, chutes e até mesmo golpes especiais.

O jogo conta com algumas mecânicas bacanas, como o fato do especial ser acessível após dar vários golpes nos adversários para preencher uma barra. As brincadeiras com a profundidade do cenário também merecem destaque, já que há momentos em que o avanço acontece para o fundo de algumas áreas.

Caçada gamer

Feiras voltadas para game retrô se tornam o paraíso dos amantes de jogos antigos por conta das várias lojinhas espalhadas pelo local. Dessa forma, quem estava interessado em comprar algo tinha grandes chances de encontrar boas ofertas em alguns estandes.

A área de vendas, inclusive, ocupava mais da metade do pavilhão do evento, com ofertas bem variadas. Era possível comprar jogos de Super Nintendo, Mega Drive, Master System, Game Boy Advance e muitas outras plataformas.

Alguns estandes apresentavam jogos com condições impecáveis para quem estava disposto a gastar.
Alguns estandes apresentavam jogos com condições impecáveis para quem estava disposto a gastar.
Foto:  Douglas Vieira/Voxel  / Voxel

Apesar de colecionar games antigos ser uma realidade um pouco distante para alguns, era possível encontrar boas ofertas por lá. Em minhas andanças, por exemplo, cheguei a ver dois exemplares de Super Metroid por R$ 250 e até mesmo uma Pocky Rocky 2 por R$ 1.800 (sim, esse é caro mesmo, mas o preço está "dentro da realidade").

Experiência válida

No fim, a experiência de quem visitou a Canal 3 realmente foi válida, especialmente para quem estava em busca de novos jogos para a coleção. O ambiente era totalmente familiar e certamente trouxe muitas oportunidades de diversão para jogadores de todas as idades.

Resta-nos torcer para que mais eventos como esse ganhem espaço em outros estados do Brasil. Afinal, os jogos antigos continuam firmes e fortes e são amados em todos os cantos, do Oiapoque ao Chuí.

Voxel
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade