PUBLICIDADE

Análise: eFootball 2022 ainda parece uma demo meses depois

Apesar de Konami afirmar que este é o jogo completo, plataforma ainda conta com poucas opções para usuários

18 abr 2022 - 10h54
(atualizado em 20/4/2022 às 14h07)
Compartilhar
Exibir comentários
eFootball está pronto! Será que agora vai?:

eFootball 2022 foi lançado em 2021 e se tornou o maior vexame do ano, uma vez que apresentou gráficos patéticos, quase nenhuma diversidade de modos e uma jogabilidade dura e nem um pouco divertida. Após este lançamento desastroso, a Konami "admitiu" que aquela versão era praticamente uma demo e que logo mais os usuários poderiam conhecer o jogo completo.

eFootball ganha melhorias mas ainda falta muito conteúdo para ser um jogo 'completo'
eFootball ganha melhorias mas ainda falta muito conteúdo para ser um jogo 'completo'
Foto: Konami / Divulgação

Bem, cá estamos em abril de 2022 e eFootball recebeu uma atualização que trouxe a primeira temporada da plataforma e, supostamente, apresentou o jogo completo. Passei o feriado de Páscoa aproveitando o que a Konami tinha para oferecer e, antes de entrar em detalhes, consigo resumir a experiência para vocês: eFootball 2022 ainda parece uma demo, mas está bem superior ao que vimos no lançamento (o que não quer dizer nada).

Versão completa, mas sem Master League, Konami?

Este é o menu do jogo "completo" da Konami
Este é o menu do jogo "completo" da Konami
Foto: Igor Oliveira / Reprodução

O primeiro fato que com certeza irá irritar aos saudosistas, que acompanharam não só o Pro Evolution Soccer, mas também o Winning Eleven, é o de que não há presença de Master League. Ou seja, a Konami indica que esta é a versão completa do jogo, mas não conta com o modo mais famoso da franquia. Ok, eu entendo que a franquia FIFA transformou o foco de jogos de futebol no modo online. Entretanto, os modos de carreira offline sempre foram atrativos que possuem um nicho de jogadores fiéis. Afirmar que eFootball 2022 agora não é mais uma demo, mas não trazer a Master League é um tapa na cara.

Aliás, o único modo adicionado nessa nova atualização é o Dream Team, que em termos comparativos, é o equivalente do Ultimate Team do FIFA. Com um sistema diferente do rival, em eFootball a gente escolhe uma equipe, que podemos mudar nome ou não, e recebemos um plantel de jogadores, que não são reais, criados aleatoriamente. Fora isso, eFootball 2022 segue vazio e pouco variado. Não existe a possibilidade de jogar com amigos, a não ser que você consiga, por coincidência, cair em uma partida com eles no matchmaking do Dream Team.

Gráficos de eFootball 2022 não ofendem mais

Gráficos de eFootball 2022 melhoraram, mas ainda continuam questionáveis
Gráficos de eFootball 2022 melhoraram, mas ainda continuam questionáveis
Foto: Igor Oliveira / Reprodução

Um dos grandes motivos que transformaram eFootball 2022 em uma piada no seu lançamento, foram os gráficos horrorosos. Poucas horas após a disponibilização do game, imagens de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi viralizaram e ganharam o mundo pela aparência horrenda dos maiores jogadores do mundo. Dá para adiantar que um dos focos da Konami para este novo "lançamento" foi a correção de texturas e gráficos. É possível dizer que a melhoria é grande e os jogadores, quando parados, estão relativamente bem feitos. Se explorar o modo de replay em meio de ações dos jogadores, ainda será fácil encontrar alguns momentos bizarros, mas nada parecido com a versão do ano passado.

Jogabilidade está melhor, mas continua ruim

Em sua versão "demo", eFootball não premiava a habilidade e trazia uma jogabilidade sem mérito algum para os usuários. Isso porque ao marcar ou sofrer gols, a sensação era de que aquilo só ocorreu por um erro da máquina em executar os comandos que o usuário queria. Não havia conquista em vencer, ou démerito em perder.

Neste novo update, a jogabilidade deu um bom salto em qualidade. Entretanto, saltar de uma qualidade nota 0, para uma qualidade nota 4, ainda mantém o saldo bem ruim. Não me entenda mal, é possível até executar algumas jogadas e se arriscar com um ou outro drible, mas no geral, eFootball 2022 ainda é um jogo extremamente lento e irritante para os usuários. Não, eu não quero que o game se torne uma loucura onde o Pace é o principal, como é no FIFA. Contudo, também não quero que um simples comando de passe demore quase dois segundos para ser executado. Aliás, sobre a demora de comandos, tudo é lento em eFootball 2022, inclusive os menus. Vale ressaltar que joguei ele em um videogame com presença de SSD. Simplesmente injustificável tantos travamentos em menus.

Nova atualização de eFootball melhora o jogo, mas plataforma parece incompleta
Nova atualização de eFootball melhora o jogo, mas plataforma parece incompleta
Foto: Konami / Divulgação

No frigir dos ovos

eFootball 2022 desafia ditados populares como o de que "de graça, até injeção na testa". Não me entenda mal, eu consigo ver a importância de um jogo gratuito no fator inclusão, principalmente no país em que vivemos onde jogos novos custam mais de R$ 300 reais. Contudo, exatamente pelo alto nível de investimento para os donos de videogames de nova geração como Xbox Series X/S e PlayStation 5, é ofensivo pensar que foi desenbolsado um valor tão obsceno por um console, para que o rendimento de eFootball 2022 seja este.

eFootball 2022 - Nota 2
eFootball 2022 - Nota 2
Foto: Game On / Divulgação

Sinceramente, não consigo acreditar que a Konami terá a capacidade de recuperar este jogo, pelo menos não tão cedo. Claro que a torcida é que para eFootball 2022 no futuro fique ao lado de jogos como Final Fantasy XIV e No Man's Sky, games online com lançamentos desastrosos, mas que se recuperaram e hoje são excelentes game serviço. Entretanto, não consigo acreditar que este será o caso.

Para quem ainda aguarda um jogo de futebol gratuito que possa rivalizar com a ganância da EA com seu FIFA, nos resta rezar para que UFL seja tudo que promete ser.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade