PUBLICIDADE

Análise: Aeon Drive diverte, mas não por muito tempo

Jogo traz mecânicas interessantes em desafios contra o tempo, mas peca na repetitividade.

8 out 2021 16h01
| atualizado às 17h50
ver comentários
Publicidade
Aeon Drive
Aeon Drive
Foto: 2Awesome Studio / Divulgação

Embora exista há mais tempo, o speedrun ganhou fama em 1993, quando jogadores de DOOM começaram a disputar quem finalizaria o jogo no menor tempo graças à possibilidade introduzida pelo jogo de gravar as próprias partidas. Aos poucos a prática foi se tornando comum, diversas categorias surgiram e a moda rapidamente se espalhou para mais jogos e comunidades.

Desenvolvido pela 2Awesome Studio, Aeon Drive é a sequência do shoot’em up Dimension Drive, mas dessa vez nos deparamos com um gênero completamente diferente de seu antecessor: um jogo de plataforma 2D speedrunning, onde você precisa finalizar cada fase em um determinado tempo - e ele é curto. É um conceito simples, mas que Aeon Drive executa de forma primorosa com sua mecânica única de teletransporte e jogabilidade simples. 

A corrida contra o tempo

A história é rasa, mas cumpre seu papel de servir apenas como um pano de fundo: Jackelyne, uma jovem patrulheira espacial, tem sua aeronave danificada e precisa encontrar todos os núcleos Drive em Neo Barcelona para fazê-la funcionar e voltar para casa.

Falando em Neo Barcelona, o cenário do jogo é belíssimo: os gráficos pixel art e a temática cyberpunk realmente impressionam, assim como a trilha sonora e dublagem - o carinho da desenvolvedora é quase tangível. Por outro lado, não existe grande variedade de cenários, e diversos elementos, bem como inimigos, se tornam repetitivos ao longo das 100 fases do jogo.

Jack terá 30 segundos para concluir cada uma das fases, e a corrida contra o tempo é o elemento mais desafiador de Aeon Drive: se o temporizador do nível zerar, será preciso recomeçá-lo. Para compensar a contagem regressiva, é possível coletar cápsulas espalhadas pelo cenário, que dão um pequeno tempo extra que pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Mecânica de teletransporte é grande diferencial

Aeon Drive - Mecânica de teletransporte é diferencial
Aeon Drive - Mecânica de teletransporte é diferencial
Foto: 2Awesome Studio/Divulgação

Para auxiliar na jornada, Jack tem sua Espada do Poder para derrotar os poucos inimigos encontrados pelos estágios, e sua Adaga do Teleporte, grande diferencial de Aeon Drive. Como o próprio nome diz, a adaga permite teletransportar: é possível jogá-la em qualquer parede e, ao apertar o mesmo botão de arremesso novamente, Jack irá de encontro à ferramenta, independente de onde ela esteja. 

A adaga é um dos elementos centrais do jogo, uma vez que sem ela não é possível passar pelos inúmeros desafios. Porém, não espere apenas por um elemento facilitador: muitas vezes será necessário executar lançamentos precisos, o que confere um grau de dificuldade bem-vindo ao game.

As falhas também aparecem rapidamente

Aeon Drive - Jogo peca por repetitividade
Aeon Drive - Jogo peca por repetitividade
Foto: 2Awesome Studio/Divulgação

Além da repetição de cenários, o level design deixa a desejar. São 10 setores com 10 fases cada e, ainda assim, é possível notar que poucas coisas realmente mudam: existe pouca variedade de armadilhas, o que muda é apenas a disposição em cada uma das etapas. 

Seu maior inimigo será a física, e isso não é muito positivo. Tudo bem cair em algum abismo e morrer, o que acontece com frequência, mas saltar em um jogo com uma jogabilidade tão simples não poderia ser complicado a ponto de se tornar comum errar pulos tão simples pelas paredes - fator que prejudica um pouco a progressão e a paciência com o game.

Por fim, a curva de aprendizado é problemática. O tutorial é breve e não é muito completo, mas o fator mais grave está na dificuldade elevada dos níveis finais. Nesse sentido, é simples passar facilmente pelos oito cenários iniciais, mas prepare-se para certa frustração nas etapas finais de Aeon Drive.

Veredito

Aeon Drive diverte com suas nuances e te desafia a melhorar através de um leaderboard, que mostra as pontuações dos jogadores pelo mundo - onde percebemos que 30 segundos é muito tempo para os mais aficcionados pelo gênero. Esses elementos, quando somados, proporcionam um bom fator replay e podem garantir horas de diversão, ainda mais em disputas com amigos no multiplayer local. 

Aeon Drive
Aeon Drive
Foto: Game On / Reprocução

Por outro lado, é um jogo curto, com pouco mais de três horas de duração, e se torna facilmente cansativo em meio a tantas repetições de cenário, que limitam a jogatina solo. Ainda assim, o saldo é positivo e com certeza vale a pena dar uma chance para o jogo de um gênero, infelizmente, ainda tão pouco explorado.

Aeon Drive está disponível para Microsoft Windows, Mac OS, Linux, Nintendo Switch, Xbox Series X/S, Xbox One, PlayStation 5 e PlayStation 4.

*A análise foi feita no Microsoft Windows, com uma cópia gentilmente cedida pela 2Awesome Studio.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade