PUBLICIDADE

Activision quer que Xbox reviva Guitar Hero e Skylanders

O CEO da empresa disse que a Microsoft tem a capacidade de fabricação para isso

20 jan 2022 09h24
ver comentários
Publicidade
Guitar Hero foi um dos grandes sucessos da Activision
Guitar Hero foi um dos grandes sucessos da Activision
Foto: Activision / Divulgação

O CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, disse em entrevista ao VentureBeat que gostaria que a Microsoft trouxesse de volta algumas das séries atualmente 'engavetadas' da publisher, como Guitar Hero e Skylanders.

Segundo o executivo, as duas franquias foram extremamente populares para a Activision no passado, mas acabaram engavetadas por diversas razões, entre elas a necessidade de um time separado para a fabricação de periféricos específicos para os jogos. Ele aponta que a publisher não estava preparada para isso, mas sente que a Microsoft tem a capacidade de fabricação necessária.

"Eu tinha uma visão muito legal para como o próximo Guitar Hero deveria ser, mas percebemos que não tinhamos os recursos para isso", revelou Kotick, apontando também a escassez de chips como um dos obstáculos. "Skylanders também envolve manufatura e cadeia de suprimentos, coisas que não podemos fazer, mas a Microsoft pode".

Outra expectativa do executivo, que deve deixar a Activision Blizzard quando a aquisição for finalizada, é que a Microsoft use suas ferramentas de integração social para tornar Candy Crush, o popular jogo da King, uma experiência multiplayer mais envolvente.

Sucessos do passado

Conhecida por seus instrumentos de plástico, a série Guitar Hero vendeu mais de 25 milhões de unidades ao longo dos anos. Guitar Hero III foi o primeiro jogo a vender mais de US$ 1 bilhão, segundo revelou a Activision na época.

A série Skylanders, que inclui brinquedos colecionáveis que podem ser 'transportados' para dentro dos games, deu início ao gênero "toy for life" e foi ainda mais popular, acumulando mais de US$ 3 bilhões em vendas e mais de 300 milhões de brinquedos vendidos antes de ser encerrada em 2016.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade