PUBLICIDADE

Sony espera que jogos da Activision continuem multiplataforma

Fabricante do PlayStation comentou aquisição multibilionária feita pela Microsoft

20 jan 2022 09h08
| atualizado às 19h44
ver comentários
Publicidade
Call of Duty: Vanguard
Call of Duty: Vanguard
Foto: Activision / Divulgação

Em declaração ao Wall Street Journal, um porta-voz da Sony comentou a compra da Activision Blizzard pela Microsoft nesta semana, em uma negociação no valor de mais de US$ 70 bilhões. Para a empresa japonesa, a expectativa é que a Microsoft "garanta que os jogos da Activision sejam multiplataforma".

Este é o primeiro comentário da Sony sobre a aquisição da Activision Blizzard, que produz jogos como World of Warcraft, Diablo e toda a popular franquia de tiro em primeira pessoa Call of Duty. "Nós esperamos que a Microsoft siga os acordos contratuais e continue a garantir que os jogos da Activision sejam multiplataforma", disse o porta-voz da fabricante do PlayStation.

Microsoft comprou Activision Blizzard! E agora?:

A relação entre a Sony e a Activision é bem próxima, principalmente na promoção da franquia Call of Duty desde o PlayStation 4. Os jogadores da franquia de tiro nos consoles da Sony costumam receber bônus diversos, além de conteúdos temporariamente exclusivos como mapas e outras DLCs. A marca PlayStation também costuma ser usada nas propagandas de Call of Duty.

O chefe da Microsoft Gaming, Phil Spencer, já disse anteriormente que não tem a intenção de remover comunidades das outras plataformas. Um FAQ para os funcionários da Activision Blizzard, publicaod no site da empresa, diz que "todos os acordos existentes serão honrados até o fim" e cita o jogo Minecraft, que continua sendo publicado em todas as plataformas, mesmo após a compra da Mojang pela Microsoft.

Assim, parece improvável que jogos multiplataformas como o gratuito Call of Duty: Warzone sejam removidos de outras plataformas quando a aquisição for completada em 2023. O que se sabe é que as franquias da Activision Blizzard devem chegar ao Game Pass neste período - e se especula que o "Call of Duty 2024" será exclusivo de plataformas da Microsoft.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade