PUBLICIDADE

Vôlei

VNL masculina começa com destaque para o retorno de Bernardinho à Seleção

A Liga das Nações (VNL) masculina começa nessa terça-feira (21) com as 16 seleções divididas em dois grupos entre Rio de Janeiro (BRA) e Antalya (TUR). Assim como na competição feminina, o Brasil sedia a primeira semana no ginásio do Maracãzinho, com destaque para reestreia de Bernardinho a frente da Seleção e olhares atentos para […]

21 mai 2024 - 06h42
(atualizado às 07h24)
Compartilhar
Exibir comentários
Bernardinho volta a Seleção na VNL
Bernardinho volta a Seleção na VNL
Foto: Esporte News Mundo

A Liga das Nações (VNL) masculina começa nesta terça-feira, 21, com as 16 seleções divididas em dois grupos entre Rio de Janeiro (BRA) e Antalya (TUR). Assim como na competição feminina, o Brasil sedia a primeira semana no ginásio do Maracãzinho, com destaque para reestreia de Bernardinho a frente da Seleção e olhares atentos para o comportamento do fenômeno Darlan na última competição antes de Paris 2024.

Na primeira semana, os jogos vão acontecer entre os dias 21 e 26 de maio. Diferente da Seleção feminina, que vai permanecer na China para as últimas duas semanas da fase classificatória, a masculina vai percorrer maiores distâncias antes da fase final. As sedes da segunda semana são Fukuoka (JPN) e Ottawa (CAN), enquanto a terceira semana vai acontecer em Liubliana, na Sérvia, e em Manila, nas Filipinas. A fase final será disputada em Lódz, na Polônia, entre 27 e 30 de junho.

O Brasil vai enfrentar Cuba, Argentina, Sérvia e Itália na primeira semana da VNL. Os três adversários ainda disputam uma vaga em Paris e precisam fazer uma campanha positiva para somar pontos no ranking. Na segunda semana, o Brasil vai ter pela frente, Alemanha, Irã, Eslovênia e Polônia, enquanto na terceira semana, encara Holanda, Estados Unidos, Canadá e França.

Estreante na VNL, Bernardinho apostou na experiência para enfrentar a primeira semana de jogos. Revelação da Superliga, Lukas Bergmann foi preterido da lista inicial, ao lado de Judson e Otávio. O treinador optou por levar jogadores mais rodados, como Lucarelli, Leal, Maurício Borges, e apostando em Arthur Bento nesse primeiro momento. Além do quarteto, foram relacionados os levantadores Bruninho e Cachopa, os opostos Alan e Darlan, os centrais Lucão, Flávio e Isac, e a surpresa ficou na relação dos líberos: Maique foi preterido para Honorato ser deslocado para a função, com apenas Thales como líbero de origem.

Os principais adversários do Brasil devem ser as tradicionais Itália e Estados Unidos, a atual campeã Polônia (que defende o título em casa), além das potentes Argentina e Japão. Podem surpreender o time brasileiro, a habilidosa geração de Cuba, Alemanha, Eslovênia e Holanda. Nessa terça (21), às 21h, o Brasil estreia contra Cuba, e na sequência, encara Argentina e Sérvia no mesmo horário, na quarta (23) e quinta (24), respectivamente. A Seleção finaliza a primeira semana no domingo (26), às 10h, diante da Itália.

Além da reestreia de Bernardinho no comando da Seleção, outro ponto alto para o time brasileiro na VNL é a disputa entre os irmãos Alan e Darlan na titularidade da saída de rede. O caçula Darlan terminou o Pré-Olímpico como titular e xodó da torcida brasileira, porém o irmão Alan carrega mais experiência com a camisa amarelinha e conhece melhor os atalhos da competição.

Confira o chavamento da fase classificatória da VNL masculina:

Foto: Esporte News Mundo
Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade