PUBLICIDADE

Vôlei

VNL começa nessa terça com o Brasil sendo um dos principais candidatos ao título inédito

No ginásio do Maracanãzinho, o Brasil vai encarar Canadá, Estados Unidos, China, Sérvia, República Dominicana, Tailândia e Coreia do Sul

14 mai 2024 - 06h33
(atualizado às 09h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Brasil estreia na VNL contra o Canadá
Brasil estreia na VNL contra o Canadá
Foto: Esporte News Mundo

A Liga das Nações (VNL) feminina começa nessa terça-feira (14) com destaque para o Brasil em quadra, na etapa do Rio de Janeiro (RJ). Além da Seleção feminina, outros três jogos marcam a rodada da VNL nessa terça (14). No ginásio do Maracanãzinho, o Brasil vai encarar adversários como Canadá, Estados Unidos, China, Sérvia, República Dominicana, Tailândia e Coreia do Sul.

Também na semana 1, outras 8 seleções se enfrentam em Antalya, na Turquia. Alemanha, Itália, Holanda, Polônia, Bulgária, Japão e França tentam surpreender a atual campeã da competição em casa. Nas duas semanas subsequentes, as 16 seleções voltam a se enfrentar em dois grupos diferentes. Dessa vez, Macau (CHN) e Arlington (EUA) serão as sedes na segunda semana, enquanto Hong Kong (CHN) e Fukuoka (JPN) sediam na última etapa antes da fase final.

Com grandes nomes do vôlei internacional, o Brasil figura como favorito ao título inédito da VNL ao lado de outras cinco seleções. Ao lado da Turquia de Santarelli, o Brasil deve ser uma das únicas seleções a apostar no que tem de melhor desde o início da competição. Enquanto, as campeãs mundiais Sérvia e Itália optaram por descansar as suas principais jogadores. Os Estados Unidos de Kiraly deve rodar o elenco durante a fase classificatória mais uma vez em busca do time ideal para as finais.

O Canadá de Brie King e a República Dominicana de nomes experientes, como a líbero Brenda Castillo, aparecem como seleções que podem surpreender e deixar alguma das favoritas pelo caminho, como já aconteceu na edição passada. Mesmo sem chance de classificação, a República Dominicana derrotou a Sérvia de Boskovic na última rodada e tirou as europeias da fase final da VNL.

Tricampeão da VNL, os Estados Unidos contam com o retorno da campeã olímpica Jordan Larson já na primeira semana da competição. Além de Larson, outras outras experientes vão estar no Rio de Janeiro. A levantadora Jordyn Poulter, a líbero Wong-Orantes e a central Chiaka Ogbogu. Conhecida da torcida de Osasco, a central Brionne Butler também foi inscrita por Kiraly na primeira etapa da competição.

A atual campeã Turquia é franca favorita na primeira semana da VNL na chave de Antalya. Santarelli vai ter a disposição as opostas Melissa Vargas e Karakurt, além da experiente Eda Erdem e das demais jogadoras conhecidas internacionalmente, após o título da edição passada. As turcas vão enfrentar a Sérvia, que por ora, ainda vai atuar desfalcada de Tijana Boskovic como de costume nas primeiras rodadas, e deve sair no prejuízo nos primeiros jogos contra as seleções renomadas.

Semana 1 - 14 a 19 de maio

Antalya - Turquia

  • Turquia
  • Alemanha
  • Itália
  • Holanda
  • Polônia
  • Bulgária
  • Japão
  • França

Rio de Janeiro - Brasil

  • Brasil
  • Canadá
  • Estados Unidos
  • Coreia do Sul
  • República Dominicana
  • Sérvia
  • Tailândia
  • China

Semana 2 - 28/5 a 2/6

Macau - China

  • China
  • República Dominicana
  • Itália
  • Holanda
  • Brasil
  • Tailândia
  • Japão
  • França

Arlington (EUA)

  • Estados Unidos
  • Alemanha
  • Turquia
  • Canadá
  • Polônia
  • Bulgária
  • Sérvia
  • Coreia do Sul

Semana 3 - 11 a 16 de junho

Hong Kong - China

  • China
  • República Dominicana
  • Turquia
  • Alemanha
  • Brasil
  • Tailândia
  • Polônia
  • Bulgária

Fukuoka - Japão

  • Japão
  • Holanda
  • Estados Unidos
  • Canadá
  • Itália
  • França
  • Sérvia
  • Coreia do Sul
Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade