0

Carol Solberg é absolvida após grito de 'Fora, Bolsonaro'

Jogadora do vôlei de praia havia sido advertida após manifestação durante entrevista ao vivo

16 nov 2020
16h54
atualizado às 16h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do vôlei absolveu nesta segunda-feira a jogadora de vôlei de praia Carol Solberg. A atleta havia sido advertida por ter gritado "Fora, Bolsonaro" durante entrevista ao vivo, na cerimônia de premiação da etapa de Saquarema (RJ) do Circuito Brasileiro do Vôlei de Praia, em setembro.

Carol Solberg decidiu recorrer de advertência e foi absolvida por gritar 'Fora, Bolsonaro'
Carol Solberg decidiu recorrer de advertência e foi absolvida por gritar 'Fora, Bolsonaro'
Foto: Divulgação/FIVB / Estadão Conteúdo

No julgamento na primeira instância, Carol havia sido condenada por 3 votos a 2 com base no artigo 191 - "deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição". Os auditores tinham aplicado multa de R$ 1 mil, convertida para advertência.

 

Veja também:

Lionel Messi perde o posto de jogador mais valioso da La Liga
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade