0

Palmeiras vence Vitória e pegará time do Acre na próxima fase da Copinha

11 jan 2019
23h27
atualizado às 23h27
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras segue em busca do título inédito da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Nesta sexta-feira o Verdão enfrentou o Vitória, na Arena Capivari, pela segunda fase da competição e não fez feio. Com gols de Guilherme Vieira, Iago e Josué, o time comandado por Wesley Carvalho venceu por 3 a 0, confirmando seu favoritismo para avançar na competição.

Na próxima fase, o Palmeiras terá pela frente o Galvez, do Acre, que mais cedo venceu a Desportiva Ferroviária em Santa Bárbara D'Oeste por 1 a 0 e carimbou a classificação para o último estágio da Copinha antes das oitavas de final. O time do Norte do País já havia jogado contra o Verdão na fase de grupos, perdendo na ocasião por 2 a 0.

O jogo - O Vitória teve mais o domínio do jogo no primeiro tempo, mas não conseguiu reverter essa superioridade em gols. O Palmeiras, por sua vez, foi mais eficiente e conseguiu ir às redes aos 16 minutos de partida, quando Guilherme Vieira recebeu bom lançamento, dominou no peito e bateu firme depois de levar a melhor na dividida com o adversário, mandando no cantinho esquerdo do goleiro.

Depois do gol, Guilherme Vieira teve que ser substituído por torcer o tornozelo, deixando o campo de maca aos 20 minutos. Sem o autor do gol, o Palmeiras ficou mais fragilizado e por pouco não sofreu o empate aos 26 minutos em uma falha do goleiro Matheus Teixeira, que cobrou o tiro de meta nos pés de Edson, do Vitória. O atacante, contudo, não aproveitou o vacilo adversário e deixou a bola escapar ao dominá-la já se projetando em velocidade.

Já no segundo tempo o Palmeiras acordou e levou mais perigo em 20 minutos do que em todo o primeiro tempo. Aos 18, Gabriel Verón recebeu passe açucarado de Esteves, que arrancou e rolou para trás, mas na hora de finalizar acabou isolando. Dois minutos depois, Esteves novamente apareceu bem, mas, de dentro da área, chutou em cima do goleiro do Vitória quando já não tinha marcação.

Depois de tanto insistir, o Palmeiras, enfim, chegou ao seu segundo gol aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio, Gabriel Verón desviou no primeiro pau e facilitou a vida de Iago, que, livre, precisou apenas completar para o fundo das redes e correr para o abraço em Capivari.

Nos minutos finais o Vitória ainda tentou ir com tudo para cima do Palmeiras. Aos 30, Matheus Alagoano quase fez um golaço para o Rubro-Negro baiano ao finalizar o cruzamento com uma meia bicicleta, mas a bola passou à esquerda da meta defendida por Matheus Teixeira. O Palmeiras, por sua vez, ainda teve tempo de fechar os trabalhos com Josué, que apenas completou o cruzamento rasteiro para fechar os trabalhos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade