6 eventos ao vivo

São Januário é descartado dos Jogos Olímpicos do Rio 2016

1 nov 2012
18h06
atualizado às 18h20

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Organizador Local dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro anunciaram nesta quinta-feira que o Estádio de São Januário está descartado do planejamento da Olimpíada 2016.

De acordo com o COI, a utilização do local para a competição do rúgbi estava sujeita ao atendimento de "certas exigências". A entidade requisitou uma série de garantias, incluindo financeiras, ao Vasco da Gama, mas o clube não enviou a documentação dentro do prazo estipulado (31 de outubro).

Com o descarte de São Januário, a organização dos Jogos estuda com o Conselho Internacional de Rúgbi (IRB, na sigla em inglês) uma reavaliação dos planos operacionais do Engenhão.

Confira a íntegra do comunicado do COI sobre a exclusão de São Januário dos Jogos 2016

Rio de Janeiro, Brasil: 1º de novembro de 2012: O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 (Rio 2016), o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Conselho Internacional de Rúgbi (IRB, na sigla em inglês) estão totalmente empenhados em garantir competições excepcionais de rúgbi nos Jogos Olímpicos de 2016.

O Estádio de São Januário fora identificado como a potencial instalação para o rúgbi. Essa possibilidade estava sujeita ao atendimento de certas exigências.

O Clube de Regatas Vasco da Gama foi requisitado, em 9 de abril de 2012, a enviar, até 31 de outubro de 2012, o projeto completo e todas as garantias, incluindo financeiras, referentes à cessão do estádio nas condições exigidas pelo COI e pelo IRB para o evento.

Por não ter recebido a documentação pedida até a data estipulada, o Rio 2016 promoverá agora uma reavaliação dos planos operacionais do Estádio João Havelange, em conjunto com o IRB e o COI, para assegurar que a estreia do rúgbi nos Jogos Olímpicos seja bem sucedida e memorável.

O IRB acrescentou: "O IRB tem sido totalmente informado pelo Rio 2016 das discussões em andamento sobre a escolha da instalação esportiva para os eventos de rúgbi nos Jogos Olímpicos.

O IRB continuará a trabalhar em parceria com o Rio 2016¿ e o COI para assegurar a realização de eventos de rúgbi marcantes e bem sucedidos para as equipes, os fãs e as famílias Olímpica e do rúgbi."

Candidato único e com apoio de 29 das 30 federações, Carlos Arthur Nuzman foi reeleito pela 4ª vez presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB)
Candidato único e com apoio de 29 das 30 federações, Carlos Arthur Nuzman foi reeleito pela 4ª vez presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB)
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade