PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Medel de saída do Vasco: relembre a passagem do chileno pelo clube em cinco atos

Chileno está a caminho do Boca Juniors, onde vai assinar até dezembro de 2025

12 jun 2024 - 14h49
Compartilhar
Exibir comentários

Gary Medel está acertado com o Boca Juniors e vai se despedir do Vasco assim que assinar a rescisão. O chileno, que tem um espírito aguerrido dentro de campo, foi um dos principais protagonistas pela campanha que livrou o clube do rebaixamento em 2023. No entanto, a passagem do jogador pelo Cruz-Maltino também é alvo de polêmicas. Relembre abaixo a trajetória do zagueiro, na Colina Histórica, com o Lance!.

Foto: Lance!

1) CONFIANÇA NO PROJETO

Quando Gary Medel foi apresentado, a luta do Vasco contra o rebaixamento já era inevitável. O chileno contou em entrevista coletiva que sabia do momento do clube, mas que contava com o apoio da torcida para superar este momento delicado.

- O clube está em um momento complicado, mas com todos dando o máximo a situação pode mudar. O Vasco merece estar em posições melhores pela grandeza. Junto com os torcedores, podemos mudar o momento - disse Medel em sua apresentação.

2) LIDERANÇA E SACRIFÍCIO EM CAMPO

Com a chegada de Ramón Díaz, Léo deixou de ser o capitão do Vasco. A braçadeira passou a ser usada por Gary Medel. Quanto ao sacrifício, na reta final do Brasileirão de 2023, o chileno esteve em campo no sacrifício por diversas vezes. A última foi na vitória sobre o Bragantino, em São Januário.

3) BASTIDORES TENSOS

Se por um lado, o convívio de Gary Medel era harmonioso entre os "Hermanos", por outro o chileno acumulou situações problemáticas. Teve discussão com Alexandre Mattos e até mesmo agressão a um jogador da base do Vasco.

4) PROBLEMAS PARTICULARES

Gary Medel passou por um grave problema familiar. Na ocasião, a mãe do jogador esteve internada no Chile e, com isso, o atleta precisou se ausentar por duas rodadas do Brasileirão.

Medel voltou a entrar em campo justamente quando o Vasco foi goleado pelo Criciúma, em São Januário, por 4 a 0.

5) PERDA DE ESPAÇO

A goleada para o Criciúma ajudou a desencadear uma série de eventos na Colina Histórica. Um deles foi a saída de Ramón e Emiliano Díaz, que pediram demissão após a derrota. A dupla, de certa forma, protegia e dava respaldo a Gary Medel.

Sem a família Días em cena, Medel perdeu força e espaço dentro do elenco. Prova disso é de que o chileno não entrou em campo nos últimos cinco jogos do Vasco, ou seja, desde a goleada sofrida diante do Criciúma.

Segundo informações apuradas pelo Lance!, a expectativa é de que Gary Medel já desembarque na Argentina nesta quarta-feira (12) para a realização de exames e assinar com o Boca Juniors até dezembro de 2025. Após a vitória do Chile, em amistoso, por 3 a 0, sobre o Paraguai, Ricardo Gareca, o técnico da seleção chilena foi abordado sobre o assunto e comemorou o retorno do jogador ao futebol argentino.

Vale lembrar que Pedrinho, presidente do Vasco, revelou que a minuta da rescisão está com os advogados do jogador. A decisão foi tomada depois de uma nova conversa entre Gary Medel e Álvaro Pacheco.

- Sobre Medel, a minuta da rescisão já está sendo avaliada por seus advogados, foi um pedido dele já há muito tempo pela saída. Já tinha um comunicado ao Pacheco que esse andamento (de saída) estava tendo uma velocidade acima do esperado. Ele ia para o jogo, o Pacheco perguntou para ele como estava a cabeça dele para o jogo, e ele falou que não estava com o foco ali, que queria sair o quanto antes - contou Pedrinho após audiência pública em São Januário.

Antes de retornar ao Boca Juniors, Gary Medel vestiu a camisa do Vasco em 32 partidas. Além disso, o chileno tem passagens pelo Universidad Católica, do Chile, clube que o revelou, Sevilla (Espanha), Cardiff City (País de Gales), Inter de Milão (Itália), Besiktas (Turquia) e Bologna (Itália).

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade