0
Logo do Seleção Uruguaia
Foto: terra

Seleção Uruguaia

Suárez passa por artroscopia e pode não ir à Copa América

Atacante uruguaio sofreu uma lesão no menisco interno do joelho

10 mai 2019
13h04
atualizado às 13h40
  • separator
  • comentários

O Barcelona anunciou nesta sexta-feira o tempo de recuperação que o atacante uruguaio Luis Suárez precisará passar após se submeter a uma artroscopia no joelho direito, que foi realizada na noite de quinta, na cidade catalão. O jogador ficará afastado dos gramados de quatro a seis semanas para se curar de uma lesão no menisco interno do joelho.

"O jogador Luis Suárez foi submetido durante a noite a uma artroscopia no joelho direito por uma lesão no menisco interno", informou o Barcelona em um comunicado oficial em seu site oficial. "O tempo aproximado de afastamento é de quatro a seis semanas", completou a nota do clube.

Suárez durante o duelo do Barcelona contra o Liverpool pela Liga dos Campeões
Suárez durante o duelo do Barcelona contra o Liverpool pela Liga dos Campeões
Foto: Carl Recine / Reuters

Dessa maneira, Suárez está fora da decisão da Copa do Rei contra o Valencia, em Sevilha, no próximo dia 25, e corre o risco de não se recuperar a tempo de poder jogar a Copa América que será disputada de 14 de junho a 7 de julho, no Brasil. A seleção do Uruguai estreará no dia 16 contra o Equador, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

O atacante uruguaio, de 32 anos, convive com dores no joelho há algum tempo, sendo que já tentou fazer um tratamento convencional entre o final de novembro e início de dezembro do ano passado. Agora, com a eliminação na Liga dos Campeões - maior objetivo do clube - e a conquista antecipada do título do Campeonato Espanhol, o Barcelona resolveu antecipar a artroscopia.

Na atual temporada, Suárez entrou em campo em 49 partidas e marcou 25 gols - 21 no Campeonato Espanhol, três na Copa do Rei e um na Liga dos Campeões. O uruguaio é o vice-artilheiro do Barcelona, só atrás do argentino Lionel Messi, que balançou as redes 48 vezes.

Veja também:

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade