PUBLICIDADE

Árbitro encerra partida duas vezes antes do tempo em jogo da Copa Africana de Nações

12 jan 2022 16h56
| atualizado às 16h56
ver comentários
Publicidade

A Copa Africana de Nações traz para o campo os maiores jogadores do continente: Salah, Mané, Mahrez, Mendy, entre outros que atuem nos gigantes europeus. Mas nem tudo são flores. Durante a partida entre Tunísia e Mali, o protagonista foi o árbitro Janny Sikazwe, da Zâmbia, que apitou o final do jogo aos 40 e aos 44 do segundo tempo.

Mali venceu o jogo por 1 a 0, gol marcado de pênalti por Ibrahima Koné. Quando o relógio chegou aos 40 minutos do segundo tempo, o juiz apitou o fim do jogo, o que deixou o banco de reservas da Tunísia enfurecido tentando mostrar o erro. O jogo então foi reiniciado e quatro minutos depois, faltando apenas um para o real fim de jogo, mais possíveis acréscimos, novamente Janny apitou o fim da partida.

Porém dessa vez todos saíram de campo e as zonas de entrevistas estavam arrumadas. O árbitro reconheceu o novo equivoco e pediu para os jogadores voltarem. Apenas Mali voltou, a equipe da Tunísia não voltou e o jogo acabou assim: Mali 1 x 0 Tunísia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade