Stefani e Carter derrotam chinesas e avançam à final do WTA 500 de Adelaide

Ao lado de parceira americana, tenista brasileira terá agora a chance de disputar o título na Austrália

26 fev 2021
0comentários
Publicidade

A brasileira Luisa Stefani e a americana Hayley Carter confirmaram nesta sexta-feira o bom momento que a dupla vive no circuito profissional. Com apenas dois meses de temporada, as duas tenistas conseguiram a classificação à segunda final em 2021. Na Austrália, elas decidirão o título do WTA 500 de Adelaide depois de terem vencido as chinesas Yifan Xu e Zhaoxuan Yang por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 6/3, após 58 minutos.

Em busca do primeiro troféu de campeãs em 2021 - perderam a final do WTA 500 de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, em janeiro -, Stefani e Carter terão pela frente a chilena Alexa Guarachi e a americana Desirae Krawczyk, cabeças de chave número 3, que na outra semifinal despacharam a parceria 100% americana de Kaitlyn Christian e Sabrina Santamaria por 2 sets a 0 - com placar final de 6/1 e 6/2, depois de 1 hora e 1 minuto de confronto.

No jogo desta sexta-feira, Stefani e Carter sacaram muito bem e, ao longo de toda a partida, só deram uma chance de quebra de serviço para as chinesas, que não conseguiram converter. Por outro lado, pressionaram o tempo todo o saque de Yifan Xu e Zhaoxuan Yang. A dupla formada pela brasileira e pela americana teve 12 break points, conseguindo converter duas vezes no primeiro set e uma no segundo.

Na chave de simples, a final em Adelaide terá de um lado a cabeça de chave número 2, a suíça Belinda Bencic, e do outro a quinta pré-classificada, a polonesa Iga Swiatek. Elas se enfrentarão pela primeira vez na carreira, sendo que a maior favorita buscará a sua quinta conquista no circuito profissional e a atual campeã de Roland Garros, a segunda.

Swiatek foi a primeira das duas a se classificar para a decisão e não teve trabalho para derrotar a suíça Jil Teichmann em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2. "É meu objetivo desde o início da temporada, quero ser uma tenista mais consistente e jogar bem semana após semana", destacou a polonesa.

Bencic teve bem mais trabalho e gastou 2 horas e 45 minutos para bater a americana Coco Gauff por 2 sets a 1 - parciais de 7/6 (7/2), 6/7 (4/7) e 6/2. "Estou muito orgulhosa de mim mesma por ter lidado com esta partida depois de todos os altos e baixos. É sempre uma mistura de alívio e alegria", comentou a suíça.

Estadão
Publicidade
Publicidade