PUBLICIDADE

Nadal bate argentino e avança no Aberto da Austrália

17 jan 2018 11h03
| atualizado às 11h12
ver comentários
Publicidade

Rafael Nadal é considerado um dos principais favoritos do Aberto da Austrália, e nessa quarta-feira, o primeiro colocado do ranking mundial provou o porquê. Tendo um duelo mais complicado do que o esperado contra o argentino Leonardo Mayer, atual 52º do ranking, o espanhol soube fazer prevalecer o seu favoritismo e conseguiu a vitória com um 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6, em 2h38 de jogo.

Muito rapidamente, Nadal conseguiu quebrar o saque do adversário logo no quarto game da partida. Com a vantagem conquistada, o espanhol não encontrou dificuldade alguma para confirmar os seus serviços e conseguia dificultar e muito a vida do rival no saque. Dessa forma, o cabeça de chave número 1 do torneio fechou o primeiro set com um 6/3.

O segundo set foi bem parecido com o primeiro. Forçando muito nos saques do argentino, o El Toro Miura conseguiu quebrar o serviço logo no primeiro game. Dominante em quadra, Nadal não cedeu nenhum break point para o rival e cometeu apenas um erro não forçado em todo o set. Assim, não encontrou grandes problemas para fechar a segunda parcial com um 6/4.

Já no terceiro set a partida mudou o panorama. Mais acertado para a partida, o argentino conseguiu segurar o ímpeto de Nadal e conseguiu confirmar os seus serviços até o nono game, quando o espanhol conseguiu quebrá-lo novamente. Com a vantagem adquirida, a expectativa era de uma vitória tranquila do favorito. No entanto, Mayer conseguiu responder a quebra do adversário e levar a partida para o tie-break.

No set de desempate, após um início de troca de serviços entre os rivais, Nadal utilizou a sua experiência para decretar a vitória e o avanço para a terceira rodada do Grand Slam. O próximo adversário do cabeça de chave número 1 do torneio será o bósnio Damir Dzumhur. No único confronto anterior entre eles, o espanhol acabou sendo derrotado por desistência.

Dimitrov sofre contra surpresa norte-americana

Se Nadal encontrou um pouco mais de dificuldade do que esperava, o atual terceiro colocado do ranking mundial, Grigor Dimitrov teve de vencer uma verdadeira batalha para conseguir garantir a sua classificação para a terceira rodada.

Enfrentando o norte-americano Mackenzie McDonald, o búlgaro precisou de cinco sets para derrotar o número 186 do planeta. A batalha de 3h28 de duração foi vencida pelo favorito com parciais de 4/6, 6,2, 6/4, 0/6, 8/6.

O próximo adversário de Dimitrov no torneio será o 30º tenista do ranking mundial, Andrey Rublev. No histórico do confronto, melhor para o russo, que venceu o único encontro ocorrido no US Open do ano passado.

Confira outros resultados:

Denis Shapalov 2 x 3 Jo Wilfred Tsonga (6/3, 3/6, 6/1, 6/7 (7/4), 5/7)

Ivo Karlovic 2 x 3 Yuichi Sugita (7/6 (7/3), 6/7 (3/7), 7/5, 4/6, 12/10)

Kyle Edmund 3 x 0 Denis Istomin (6/2, 6/2, 6/4)

João Sousa 0 x 3 Marin Cilic (1/6, 5/7, 2/6)

John Millman 1 x 3 Damir Dzumhur (5/7, 6/3, 4/6, 1/6)

Pablo Cuevas 0 x 3 Ryan Harrison (4/6, 6/7 (5/7), 4/6)

Diego Schwartzman 3 x 0 Casper Ruud (6/4, 6/2, 6/3)

Marcos Baghdatis 1 x 3 Andrey Rublev (4/6, 7/6 (7/5), 4/6, 2/6)

Nick Kyrgios 3 x 0 Viktor Troicki (7/5, 6/4, 7/6 (7/2))

Alexandr Dolgopolov 3 x 0 Matthew Ebden (7/6 (7/0), 6/3, 6/4)

 

Veja também:

Vídeo em 3D revela beleza de nebulosa de Órion:
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade