1 evento ao vivo

Número 1, Naomi Osaka mostra força e elimina sensação local de 15 anos no US Open

Atual campeã do Grand Slam não deu chance para Coco Gauff, a derrotando por dois sets a zero

31 ago 2019
22h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Atual número 1 do mundo e na defesa do título conquistado de forma surpreendente no ano passado, a japonesa Naomi Osaka não quis dar chances ao azar neste sábado, na quadra central de Flushing Meadows, e mostrou a sua força para derrotar Cori Gauff, sensação norte-americana de 15 anos, e avançar às oitavas de final do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada. A vitória veio de forma contundente por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/0, em 1 hora e cinco minutos.

Ao final do jogo, para delírio da torcida, as duas protagonizaram uma cena bonita e fora do protocolo habitual do torneio. Além do tradicional cumprimento e abraço junto à rede, Osaka foi consolar a jovem adversária e convenceu Gauff a também discursar para o público. As duas jogadoras já treinaram juntas na Flórida - suas famílias são próximas e se conhecem há bastante tempo.

O próximo jogo de Osaka em Nova York será contra a suíça Belinda Bencic, número 12 do mundo, que nem precisou entrar em quadra neste sábado devido à desistência da estoniana Anett Kontaveit por doença viral. Com a missão de defender 2 mil pontos no ranking da WTA, a japonesa tem uma difícil tarefa para sustentar a liderança após o torneio. Precisa ser novamente campeã e ainda torcer para que a australiana Ashleigh Barty não chegue às quartas de final e que a checa Karolina Pliskova não seja semifinalista.

Por sua vez, Gauff encerra mais uma boa participação em Grand Slam para sua idade. A promissora atleta norte-americana já havia furado o qualifying de Wimbledon e vencido mais três jogos na chave principal, um deles sobre a pentacampeã Venus Williams, para chegar às oitavas de final. Em Nova York, bateu a russa Anastasia Potapova e a húngara Timea Babos.

Outros jogos

Outra revelação da temporada, a canadense Bianca Andreescu chega às oitavas de final em um Grand Slam pela primeira vez em sua carreira profissional. A tenista de 19 anos e número 15 do mundo venceu seu terceiro jogo seguido no US Open ao marcar um duplo 6/4 contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki, ex-número 1 do mundo e atual 19.ª colocada.

Em busca de um lugar nas quartas de final, Andreescu é favorita contra a norte-americana Taylor Townsend, 116.ª do ranking e vinda do qualifying, que neste sábado bateu a romena Sorana Cirstea por 2 sets a 0, com as parciais de 7/5 e 6/3.

Quem deixou o US Open mais cedo foi a holandesa Kiki Bertens, número 7 do mundo, derrotada pela alemã Julia Goerges, 30.ª colocada, por 2 sets a 0 (6/2 e 6/3). Ela é mais uma Top 10 a cair precocemente - as outras foram a romena Simona Halep, a norte-americana Sloane Stephens e a checa Petra Kvitova. A tenista da Alemanha enfrentará nas oitavas de final a croata Donna Vekic, atual 23.ª no ranking, que bateu a casaque Yulia Putintseva por 6/4 e 6/1.

Por fim, a norte-americana Kristie Ahn, de volta ao US Open depois de 11 temporadas, passou às oitavas de final ao ganhar da letã Jelena Ostapenko, campeã de Roland Garros em 2017, por 6/3 e 7/5. O seu próximo jogo será contra a belga Elise Mertens, que venceu a alemã Andrea Petkovic com um duplo 6/3.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade