PUBLICIDADE

Grand Slam

Bia Haddad confirma favoritismo e vence casaque de virada na partida de estreia em Wimbledon

Brasileira derrota Yulia Putintseva por 2 sets a 1; na próxima fase, encara romena Jaqueline Cristian, atual 133ª do mundo

5 jul 2023 - 12h54
(atualizado às 13h22)
Compartilhar
Exibir comentários
Bia Haddad Maia estreou com vitória em Wimbledon
Bia Haddad Maia estreou com vitória em Wimbledon
Foto: Dylan Martinez / Reuters

Após adiamento e duas interrupções por chuva em Londres, Bia Haddad Maia estreou com vitória em Wimbledon. Nesta quarta-feira, um dia depois da programação inicial, a tenista brasileira demorou para engrenar, mas superou a casaque Yulia Putintseva, de virada, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/0 e 6/4, em 2h08min de confronto.

Número 1 do Brasil e 13ª do mundo, Bia deveria ter estreado na terça. Porém, a chuva vem atrapalhando a programação nestes primeiros dias de Wimbledon. Sua partida foi adiada para esta quarta e contou com duas paralisações novamente por causa do mau tempo londrino.

A presença da brasileira no Grand Slam britânico chegou a virar um incógnita na semana passada, quando ela abandonou o Torneio de Eastbourne devido a dores musculares na parte de trás do joelho direito. Nesta quarta, ele esteve em quadra por mais de duas horas e não demonstrou sinais de dor. Apesar do seus dois títulos da carreira terem sido conquistados na grama, Bia ainda não conseguiu ir longe em Wimbledon. Suas melhores campanhas aconteceram em 2017 e 2019, quando alcançou a segunda rodada.

Sua próxima adversária na chave será a romena Jaqueline Cristian, atual 133ª do mundo, mas já foi 58ª no início de 2022. Elas nunca se enfrentaram no circuito. A tenista da Romênia eliminou nesta quarta a italiana Lucia Bronzetti por 6/3 e 6/4.

A brasileira tenta repetir na grama de Londres o que fez no saibro de Paris, no mês passado. Em Roland Garros, a brasileira surpreendeu as rivais e chegou à semifinal, tornando-se a primeira brasileira a alcançar tal fase na chave de simples de um Grand Slam na era Aberta do tênis, iniciada em 1968.

O JOGO

Em quadra, Bia e sua adversária puderam jogar por apenas 20 minutos até a primeira interrupção por causa da chuva. A tenista do Casaquistão começou melhor, faturou uma quebra de saque e abriu 4/1 no placar.

A retomada da partida durou apenas dois games. A chuva voltou a paralisar o confronto, desta vez por cerca de 40 minutos. Putintseva seguiu melhor neste retorno à quadra e fechou o set inicial. Mais uma vez, Bia saía atrás no placar, algo recorrente em sua campanha em Roland Garros e na preparação na grama para Wimbledon.

O segundo set contou com um cenário completamente diferente. Bia elevou seu nível e massacrou a rival. Sem ceder um game sequer, a brasileira obteve 15 bolas vencedoras, contra apenas três da adversária. E fez 30 pontos, diante de apenas 12 da oponente.

O jogo, então, foi decidido no terceiro set. Bia manteve o bom ritmo, enquanto a adversária tinha dificuldades para reagir e continuava cometendo erros não forçados. A brasileira aproveitou o momento favorável e obteve a primeira quebra do set no quarto game: 3/1. Putintseva, no entanto, reagiu, devolveu a quebra e buscou a igualdade em 4/4. Depois de um breve momento de desconcentração, Bia voltou a caprichar nas bolas de fundo e impôs nova quebra à rival para sacramentar a vitória.

OUTROS RESULTADOS

Campeã do US Open de 2017, a americana Sloane Stephens estreou com vitória. Ela superou a sueca Rebecca Peterson por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Também avançaram a croata Donna Vekic (20ª cabeça de chave), a italiana Elisabetta Cocciaretto, a estoniana Anett Kontaveit e a romena Sorana Cirstea.

Já pela segunda rodada, a russa Daria Kasatkina (11ª) derrotou a britânica Jodie Anna Burrage por 6/0 e 6/2. Ela poderá cruzar agora com a experiente belarussa Victoria Azarenka, ex-número 1 do mundo e dona de dois títulos de Grand Slam.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade