PUBLICIDADE

Tênis

Favoritos avançam às oitavas do Macena Open. Sexta-feira definirá os semifinalistas 

Quinta-feira teve cerimônia de abertura. Nesta sexta a rodada começa às 12h

30 nov 2023 - 23h20
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

Foto: Lance!

Os principais favoritos confirmaram no término do primeiro dia da chave principal do Macena Open, nesta quinta-feira na Praia do Francês, em Marechal Deodoro (AL), evento com premiação de US$ 35 mil e com 470 pontos no ranking mundial. A competição é a maior do mundo com 1.702 atletas e conta com a chancela da Federação Internacional de Tênis e da Confederação Brasileira de Tênis.

Campeãs do Pure Beach, realizado em abril no mesmo local, a dupla principal favorita e campeã mundial da paranaense Rafaella Miiller e da venezuelana Patrícia Diaz derrotou a parceria da cearense Marília Camara, campeã da primeira edição do Macena Open, de 2021, e de Julia Cabral por 6/2 6/0. Elas vão enfrentar a dupla de Beatriz Urquiza e Lilian Ferreira ou a dupla de Marina Lehmann e Carla Levita: "Muito feliz com nosso jogo de hoje. Primeira rodada super difícil, nos últimos torneios temos tido estreias complicadas. As condições um pouco diferentes, vento meio estranho. Mas entramos muito firmes e sólidas. E vamos pois a luta é grande", disse Miiller: "Eu fico feliz que esse torneio se repete aqui. É um torneio que não só apresenta uma estrutura impecável, mas é referência, mundialmente, é dos melhores torneios, além dos detalhes com os atletas, super atenciosos, sempre querem agradar. É um prazer. Temos boas lembranças daqui e queremos finalizar a temporada bem nossa temporada que foi de sucesso", seguiu a venezuelana que está radicada no Brasil há alguns anos.

A dupla número 1 do mundo do masculino do italiano Mattia Spoto e do francês Nicolas Gianotti, campeões em abril em Marechal Deodoro, sofreu no segundo set, mas derrotou os brasileiros Douglas Colani e Antonio Tremura por 6/3 6/4. Eles estiveram 3 a 0 abaixo com duas quebras no segundo set: "É muito difícil ser número 1 do mundo ainda mais nesse final de ano sem muita energia. Mesmo assim queremos jogar bem neste final de ano para terminar no topo . Eles jogaram muito bem, nós fomos mal no segundo set, mas faz parte. Estamos felizes pela vitória. Ser o número 1 significa que precisamos ganhar também jogando mal", disse Spoto. A dupla encara, a partir das 14h30, a parceria brasileira de Gustavo Russo e Giovanni Cariani.

Os brasileiros já os derrotaram no começo do ano no Guarujá (SP). Russo e Cariani derrotaram a dupla de Lucas Cherione e Ricardo dos Santos por 6/1 6/4: "Estreia é sempre difícil, tivemos um bom primeiro set, no segundo abrimos uma vantagem, mas as coisas saíram um pouco do controle,, o vento está um pouco chato, precisamos saber nos adaptar. Abrimos 4 a 0, eles encostaram 4 a 2, vimos que nossa estratégia não estava mais dando certo, conversamos para achar uma saída , conseguimos fechar o segundo", disse Russo: "Será uma partida muito dura, dupla número 1 do mundo, mas eu e o Gu estamos prontos para a batalha", apontou Cariani. Russo lembrou do triunfo contra os rivais no começo do ano: "Ganhamos deles uma vez, mas sabemos que contra a melhor dupla do mundo sempre precisamos buscar o nosso melhor, qualquer brecha que dermos eles não perdoam. Vamos pra cima", completou Russo.

Segunda melhor dupla do mundo, o espanhol Antomi Ramos e o russo Nikita Burmakin também tiveram jogo difícil contra os qualifiers Daniel Canellas e Richard Espírito Santo, mas aplicaram um duplo 6/4. Eles enfrentam os italianos Lucca Andreolini e Marco Faccini nas oitavas de final: "Condições difíceis nesta quadra central, ela é maravilhosa, mas o vento é difícil. Feliz com a vitória, amanhã esperamos jogar melhor", disse Nikita.

No último jogo do dia, o catarinense André Baran, quarto do mundo e primeiro do Brasil, e o italiano Michele Cappelletti, sexto colocado, derrotaram os alagoanos Pedro e Paulo Consiglio, irmãos que moram na Praia do Francês, por 6/1 6/0: "Passamos um pouco por montanhas-russa, mas faz parte pois nunca havíamos jogado juntos, nem em treinamentos. O título de Aruba foi importante pra gente e estamos mostrando uma autoridade diferente. Estamos muito felizes de estar aqui, uma quinta-feira e já todo esse público é fantástico, só parabenizo a organização", disse Cappelletti.

A noite de quinta-feira marcou também a cerimônia de abertura com a filarmônica Santa Cecília, de Marechal Deodoro, que cantou o Hino de Alagoas e o Hino Nacional na quadra central. A abertura contou com autoridades alagoanas, o Prefeito Cacau Filho, a Secretária de Turismo do Estado de Alagoas, Bárbara Braga, a Secretário de Esporte, Lazer e Juventude de Alagoas, Lydia Pollyana, além de Charles Herbert, Secretário Especial da SELAJ.

A sexta-feira, 1º de dezembro, terá rodada dupla a partir das 12h e depois a partir das 16h com as oitavas e as quartas de final com transmissão do PlayBT. Os semifinalistas serão definidos e o torneio principal terá desfecho no sábado com as semis e finais com transmissão do Sportv. O domingo, 3, será reservado para o torneio BT 10 e o Maceninha Open.

A entrada é gratuita ao público na quadra central com capacidade total para 2.500 pessoas. Ainda há venda de bilhetes para o camarote - https://linktr.ee/macenaopen

O torneio tem atletas de 13 países . Além do Brasil, disputam o evento jogadores do Chile, Aruba, Alemanha, Letônia, França, Espanha, Itália, Estados Unidos, Portugal, Rússia, Venezuela e Paraguai. A categoria amadora também foi iniciada com as disputas de Simples.

O Macena Open tem todos os top 10 do mundo do masculino e do feminino.  A única ausência do top 10 será no feminino, da italiana Ninny Valentini, que está machucada.

O Macena Open conta com os patrocínios da Coca-Cola, Hotéis Ponta Verde, Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro,Governo do Estado de Alagoas, Estrela Galícia, Powerade, Água Crystal, Angioneuro, Banco BRB, TRI, Ladeirão do Óleo e Usina Caeté. A Bola Oficial é a Drop Shot. O evento tem a chancela da Federação Internacional de Tênis, da Confederação Brasileira de Tênis e da Federação Alagoana de Tênis.  A  realização é da Paxá Sports.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade