PUBLICIDADE

Tênis

Djokovic explica o porquê não é amigo de Federer e nem Nadal

Sérvio afirma também que não é anti-vacina

10 dez 2023 - 17h50
Compartilhar
Exibir comentários

Em entrevista ao programa 60 Minutos, da americana CBS News, o tenista sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, explicou o motivo pelos quais não tem amizade com Rafael Nadal e nem Roger Federer.

Foto: Lance!

"Eu adoraria muito. Obviamente não nos demos muito bem durante nossas carreiras fora das quadras. Não somos amigos porque somos rivais e é difícil sermos próximos como concorrentes. Certas coisas que são compartilhadas sobre sua vida ou como você se sente podem ser usadas contra você. Mas partilhamos a quadra há muitos anos e penso que o maior respeito está sempre presente, pelo menos da minha parte para com eles. Espero que um dia estejamos mais próximos, poder sentar, conversar e refletir, seria incrível", disse o sérvio que comentou sobre a questão da vacina.

"As pessoas tentaram dizer que sou anti-vax quando não sou. Também não sou pró-vacina, sou apenas a favor da liberdade de decidir", afirmou. Deixando clara essa questão, o jornalista Jon Wertheim também quis destacar como a força mental é uma dádiva em sua vida, à qual o Sérvio respondeu: "Tenho que te corrigir, não é um presente, é algo que se desenvolve com trabalho".

Ele comentou o quão é motivado pelos recordes: "Adoro vencer. Não há dúvida disso. Os recordes me inspiram e motivam. Para mim é completamente normal. Seja honesto, seja autêntico e expresse o que você sente. Eu apenas tento ser honesto comigo mesmo e com os outros e dizer o que eles são minhas metas e objetivos, é simples assim."

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade