PUBLICIDADE

Tênis

Brasil volta à elite da Copa Davis com festa em quadra ao bater a Suécia; assista

Mesmo atuando em arena sueca, Thiago Monteiro, Rafael Matos e Felipe Meligeni colocam o País na fase final do torneio

3 fev 2024 - 15h15
(atualizado às 15h16)
Compartilhar
Exibir comentários

Thiago Monteiro, Rafael Matos e Felipe Meligeni foram os responsáveis por levar o Brasil de volta à elite da Copa Davis. Desde que foi inaugurado o novo formato, é a primeira vez que o País consegue avançar. A classificação sobre a Suécia contou com grande festa em quadra.

Mesmo jogando em Helsingborg, na Suécia, os brasileiros conseguiram superar os donos da casa. O resultado que colocou o País na fase final foi conquistado por Monteiro, que ganhou de virada do sueco Elias Ymer por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/2. O brasileiro, número 119 do ranking da ATP, deitou-se em quadra e foi abraçado pelos demais representantes da delegação ao vibrar pela vitória.

Brasil bate a Suécia por 3 a 1 e está na fase final da Copa Davis.
Brasil bate a Suécia por 3 a 1 e está na fase final da Copa Davis.
Foto: Divulgação/ CBT / Estadão

Ymer havia provocado a única derrota brasileira na disputa ao superar Gabriel Heide por 2 sets a 1. Mas Thiago Monteiro e a dupla formada por Rafael Matos e Felipe Meligeni conseguiram recolocar o País na dianteira e levá-lo à fase decisiva.

"Estou muito feliz de conseguir ajudar o Brasil a se classificar para o Finals da Copa Davis. Desde a minha estreia no time, em 2016, era um grande sonho contribuir para isso. O sonho foi realizado, todo o time se empenhou, lutou muito e se entregou até o final. Sem dúvidas, sem o trabalho e o empenho de todos, nada disso seria possível. Estou muito orgulhoso em fazer parte deste time e agora vamos para o Finals", afirmou Monteiro.

A última vez que o Brasil jogou a elite da Copa Davis foi contra a Argentina em 2015. O confronto ficou marcado pela derrota de João Souza, o Feijão, para o Leonardo Mayer em 6h42min de partida, até hoje o duelo mais longo da história do torneio.

Como foram os jogos deste sábado?

O confronto entre Brasil e Suécia estava empatado até este sábado, quando Rafael Matos e Felipe Meligeni colocaram o Brasil à frente nas duplas. Eles venceram os suecos Filip Bergevi e Andre Goransson por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 7/5.

A equipe brasileira fez um primeiro set muito tranquilo, aplicaram duas quebras e venceram por 6/2 sem qualquer imposição da dupla da Suécia, que equilibrou o duelo no segundo set, forçou um nono game, mas Matos e Meligeni mantiveram o foco e conseguiram fazer 2 a 1 para o Brasil ao fechar a partida em 7/5.

Na frente do duelo com a Suécia, coube a Thiago Monteiro dar o último golpe para colocar o Brasil de volta à elite da Copa Davis. Ele venceu a partida frente a Elias Ymer de virada, já que começou perdendo o primeiro set por 6/4, com o sueco aplicando duas quebras e confirmando os dois últimos games para fazer 1 a 0.

O brasileiro, no entanto, não se deixou abater, deu a volta por cima e conseguiu salvar três break points, quando estava perdendo por 4/3 para igualar o duelo e virar para 6/4, aproveitando-se de um momento ruim do adversário.

Fase final

Estão garantidos na etapa final: Austrália, Grã-Bretanha, Estados Unidos, Itália, Finlândia, Eslováquia, Alemanha e Espanha. Restam ainda sete vagas. Uma nova fase de grupos será disputada em setembro e os classificados para o mata-mata voltam a duelar em novembro, em Málaga, na Espanha.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade