PUBLICIDADE

Tênis

Bia Haddad espanta zica e vence em Bad Homburg após final bizarro

Jogo foi paralisado com quatro match-points após torcedora passar mal, na retomada a brasileira jogou muito mal, perdeu todas as chances, mas fechou a seguir

24 jun 2024 - 12h30
(atualizado às 15h10)
Compartilhar
Exibir comentários
Bia Haddad em Berlim /
Bia Haddad em Berlim /
Foto: Jimmie 48 Photography / Esporte News Mundo

Depois de três derrotas consecutivas, Bia Haddad Maia voltou a sorrir nesta segunda-feira ao avançar para as oitavas de final do WTA 500 de Bad Homburg.

A paulistana, 20ª do mundo, derrotou a tenista da casa e lucky-loser, Tamara Korpatsch, 75ª colocada, por 2 sets a 0 com parciais de 6/1 7/6 (8/6) após 2h10min de duração na quadra central.

Bia vinha de derrotas na segunda partida em Estrasburgo, na França, e estreias de Roland Garros e Berlim, com más atuações.

A brasileira começou com tudo, quebrou cedo, ampliou a vantagem para 5 a 1 com nova quebra fechou o primeiro set em menos de meia-hora. No segundo a rival equilibrou, conseguiu a quebra fazendo 4 a 3. Bia atacou, jogou game agressivo e virou para 5 a 4. A brasileira teve um match-point para finalizar no saque da rival, mas a tenista da casa de salvou. Bia teve outros dois match-point no 12º game e não conseguiu devolver o saque da oponente. Porém, no tie-break, a agressividade e precisão da brasileira voltaram.

Ela abriu 6 a 2 e uma torcedora desmaiou na arquibancada e o jogo ficou paralisado por cerca de vinte minutos. Na retomada, as duas precisaram reaquecer e Bia deu uma dupla-falta, dois erros bobos na devolução, tomou uma bola na linha, mas conseguiu a vitória no oitavo match-point com winner de devolução. Ela vibrou muito.

Nesta terça ou na quarta-feira, Bia encara a ex-top 5, a canadense Bianca Andreescu, atual 165ª, ou a russa Anna Blinkova, 66ª, por vaga nas quartas de final.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade