PUBLICIDADE

Federer se torna esportista que mais faturou com premiações

16 nov 2017 12h42
| atualizado às 13h17
ver comentários
Publicidade
Foto: Reuters

Um dos maiores nomes da história do esporte, Roger Federer ateu mais um recorde na sua vitoriosa e longa carreira. Após a vitória contra o jovem tenista Alexander Zverev, o suíço se tornou o esportista que mais faturou em premiações nos esportes individuais, ultrapassando o golfista Tiger Woods. De acordo com a Forbes, a marca alcançada é de US$ 110.235.682.

Nesta temporada, Federer mostrou estar totalmente focado no tênis e que deve ficar mais alguns anos atuando nos principais torneio do calendário do tênis mundial. Logo no início do ano, o suíço conquistou o Aberto da Austrália contra seu principal rival , o espanhol Rafael Nadal. Já no meio do ano, conquistou seu oitavo título de Wimbledon, tradicional torneio que acontece na Inglaterra.

Além dos dois títulos de Grand Slam, Federer foi o tenista com mais títulos de Master 1000 no ano,com as conquistas em Indian Wells, Miami e Shangai. Com isso, o atual número dois do mundo chegou a 27 títulos desse nível, três a menos do que Nadal e que Novak Djokovic, que voltará a atuar no ano que vem após anunciar que ficaria fora até o fim de 201 devido à problemas físicos.

Apesar de não ter conseguido voltar ao topo do ranking neste ano, o suíço ainda mantém o recorde de semanas como número um com 302 semanas, sendo 237 delas de maneira consecutiva. O segundo colocado é Pete Sampras, com 286, enquanto que o líder do ranking atual, Nadal é o sétimo colocado com 154.

Veja também:

Os jogadores mais ricos do mundo:
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade