PUBLICIDADE

Surfe

WSL: Yago Dora massacra Medina, mas fica com o vice na etapa de El Salvador; Caroline Marks vence no feminino

Yago Dora teve grande desempenho na etapa

9 jun 2024 - 15h57
(atualizado às 16h33)
Compartilhar
Exibir comentários
Yago Dora deu show na etapa da WSL.
Yago Dora deu show na etapa da WSL.
Foto: Aaron Hughes / WSL / Esporte News Mundo

A sétima etapa da temporada 2024 da WSL chegou ao fim neste domingo (9), em El Salvador. O último dia de competições teve show de surfe, belos aéreos, duelos de brasileiros e atuações fantásticas dos atletas. Os resultados fizeram com que a distância entre concorrentes ao final 5 do ranking diminuísse consideravelmente. Caitlin Simmers assumiu a liderança e é a nova dona da laycra amarela, enquanto Florence abriu boa vantagem na ponta da categoria masculina depois de vencer a etapa contra Yago Dora.

A WSL deu partida nas quartas de final masculina com o confronto entre Gabriel Medina e João Chianca, que foi controlado pelo tri-campeão mundial. Depois, Yago Dora entrou na água e deu um festival de aéreos para avançar contra Jack Robinson. O dia prometia para o brasileiro, que estava muito confiante. John John Florence não deu chances ao azar e passou por cima de Crosby Colapinto. Fechando o round, Matthew McGillivray superou o compatriota Jordy Smith e ajudou a Brazilian Storm na briga por um lugar em Trestles.

Confira os resultados da fase:

  1. Gabriel Medina 15.27 x João Chianca 10.24
  2. Jack Robinson 11.50x Yago Dora 11.57
  3. John John Florence 15.17 x Crosby Colapinto 9.67
  4. Matthew McGillivray 15.17 x Jordy Smith 13.70

A categoria feminina entrou em cena com confrontos entre americanas e havainas na semifinal. Primeiro, Gabriela Bryan superou Caitlin Simmers em um duelo muito equilibrado. Ela surfou poucas ondas, mas encontrou as manobras que precisava e garantiu uma vaga na final. A segunda semifinal foi vencida pela atual campeã mundial da WSL Caroline Marks contra Bettylou Sakura Johnson. Ao toque do sino, a havaiana ficou precisando de uma nota 8 e não foi capaz de superar a rival.

  1. Gabriela Bryan 13.50 x Caitlin Simmers 13.10
  2. Caroline Marks 13.77 x Bettylou Sakura Johnson 11.10

Na semifinal masculina, Yago Dora dominou completamente Gabriel Medina, deu um show de aéreos e deixou o rival em combinação insuperável. Dora teve calma para administrar o confronto, enquanto Medina se desesperou e fugiu de suas características. O mar proporcionou boas rampas que foram aproveitadas pelo vencedor, que contou com o maior somatório do evento para avançar. O líder do ranking John John Florence teve uma atuação sensacional no duelo contra Matthew McGillivray e fez um aéreo fantástico que lhe rendeu nota 10 para chegar à decisão.

  1. Yago Dora 17.66 x Gabriel Medina 14.23
  2. John John Florence 17.50 x Matthew McGillivray 14.43

A grande decisão feminina entre Caroline Marks e Gabriela Bryan foi equilibrada e emocionante. A americana abriu boa vantagem no início, mas viu Bryan reagir e apertar o confronto. Por coincidência, as duas ondas derradeiras de cada atleta entraram no somatório e Marks conseguiu duas notas acima de 7 para levantar o troféu da etapa da WSL.

  1. Caroline Marks 14.80 x Gabriela Bryan 14.46

    O último duelo da competição foi aberto com um aéreo impressionante de Florence e uma tentativa frustrada de Yago responder na mesma moeda. E não parou por aí. A final masculina foi surfada com manobras progressivas que, ultimamente, têm sido mal recompensadas pela WSL. Desta vez, o havaiano rapidamente aplicou dois voos e conquistou uma grande vantagem nos primeiros minutos. Dora reagiu com ótimas batidas e fechou a onda com um alto aéreo que foi avaliado em 9.77. Os últimos quinze minutos foram de mar sem nenhuma oportunidade de onda para os surfistas e John John ficou com o título da etapa de El Salvador.

    1. John John Florence 16.33 x Yago Dora 14.44
    Esporte News Mundo
    Compartilhar
    Publicidade
    Seu Terra












    Publicidade