PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

São Paulo supera o Cobresal e vence a primeira na Libertadores

Em jogo difícil, São Paulo marca 2 a 0 na primeira vitória na Libertadores de 2024. Com isso o tricolor assume o segundo lugar no grupo B atrás do Talleres.

10 abr 2024 - 23h33
(atualizado às 23h39)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Esporte News Mundo

Valendo pela Libertadores de 2024, o São Paulo enfrenta o chileno Cobresal hoje (10) no Morumbis com casa cheia de expectativa de quase 50000 pagantes, apitado por Carlos Ortega, o jogo é bem pegado com o São Paulo buscando sair da lanterna do grupo B da Libertadores.

O time brasileiro chegou muito forte para esse jogo, energia que foi empatada pelo adversário, por isso, nos primeiros minutos o jogo ficou muito disputado com as posses de bola bem divididas, porém logo nos 7 minutos, o primeiro chute ao gol por Calleri e abrindo os chutes, as tentativas não pararam mais, logo depois Luciano já tentou o dele nos 8 minutos, chute de fora da área porém não acertou nem a trave.

Com uma vantagem na possa de bola de 64% no jogo, o São Paulo faz o torcedor acreditar chutando mais uma bola construída por Igor Vinicius nos 10', a tentativa foi para James Rodríguez que bateu bem mas foi espalmada pelo goleiro Requena. Mantendo a pressão, apenas 4 minutos após o último chute, Alisson tenta novamente um cruzamento que acaba batendo na defesa, mas com o avanço do ataque precipitado, acabou impedido.

Em uma tentativa de bicicleta do Luciano, o jogador adversário tentou tirar de cabeça, o atacante recebeu amarelo quando chutou a testa do atleta do Cobresal, mas nos 27' Castro do chileno, também recebeu amarelo em uma bola aérea mais pegada, logo depois Pablo Maia recebe o seu também, junto com um cartão para Franco nos 18 minutos, se somam 4 cartões amarelos apenas no primeiro tempo. Mesmo com um dos atacantes já com amarelo, São Paulo manteve a pressão, Cobresal mal conseguiu colocar a bola no chão no campo de ataque até os 30 minutos.

Com uma grande pressão, essa que é extremamente importante, o São Paulo coloca mais 2 chutes nos status do jogo, aos 30 minutos um cruzamento para a área, Diego Costa desvia de cabeça para Luciano que erra de muito perto no giro, e outra aos 33' pegando de primeira na pequena área mas indo direto para a trave esquerda. isso tudo enquanto o adversário não chutou nenhuma vez ao gol e o tricolor chutou 8. A pressão é enorme e muito importante, mas ainda falta trabalhar a bola com mais cuidado.

Nós 47 minutos do primeiro tempo num ataque muito bem preparado o Cobresal tenta seu primeiro chute ao gol com Pacheco cruzando para Castro, mas sem sucesso. E assim acaba o primeiro tempo no Morumbis.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

O segundo tempo começa novamente com os dois times muito fortes, a marcação do Cobresal se mostra muito ativa, e mesmo assim saindo de uma tabela, Calleri encontra Luciano que faz um gol colocado impedido, mas mesmo assim, isso significa que o time vem mais organizado e foca em tentar boas bolas e não muitas bolas. Nos 52 minutos com uma cobrança de escanteio Arboleda bate bem de cabeça mas em uma reação rápida do goleiro espalma pra fora.

Saindo o volante Pablo Maia, ele dá lugar a Gallopo com a camisa 8. Nos 60 minutos Michel Araújo bate de primeira no pivô mas sai novamente a chance de gol do São Paulo. Um tempo depois o camisa 10 criou um desentendimento com os jogadores do tricolor, terminando com um cartão amarelo para o jogador do Cobresal. Com o São Paulo tentando e sofrendo com esforços buscando o tão desejado gol, mais dois atacantes entram para o campo para tentar marcar o primeiro no Morumbis, André Silva no lugar do Luciano e Erick no lugar de Igor Vinicius.

Galopo também busca seu amarelo nos 71 minutos, falta seguida por dois chutes em menos de 10 segundos do adversário, o primeiro com Coelho chutando baixo defendido por Rafael e com Messias de fora da área, também salvo pelo goleiro. Com um pressão enorme na pequena área quase sai o primeiro do São Paulo com Michel Araújo, defendido por Requena. Com chance de lesão saem 2 jogadores do Cobresal, com um deles sendo muito importante na defesa, aumentando a chance do tricolor.

Aos 80 do segundo tempo, depois de martelar tanto o gol, tantos chutes e tantas traves, um cruzamento do James na segunda trave, Calleri empurra e o goleiro defende, mas com rebote, André Silva só coloca a bola nas redes marcando o primeiro gol da partida, ficando mais perto dos primeiros pontos são paulinos na Libertadores desse ano. E para selar o jogo, Calleri faz o dele, James cruza na cabeça do centroavante que novamente com rebote, chuta pra balançar as redes.

E assim acontece o apito final da primeira vitória na Libertadores 2024 do São Paulo, agora segurando a segunda posição no grupo B. O próximo jogo do tricolor será dia 13/04 contra o Fortaleza no Morumbis, o jogo é válido peloa primeira rodada do Brasileirão.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade