1 evento ao vivo

Roberto Carlos defende Daniel Alves na Seleção Brasileira: "Ele é um fenômeno"

27 mar 2020
16h18
atualizado às 16h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Campeão do mundo, Roberto Carlos defendeu a convocação de Daniel Alves para a Seleção Brasileira. Para o embaixador do Real Madrid, mesmo com 36 anos, o camisa 10 do São Paulo ainda desempenha um papel fundamental no time de Tite, independente da posição.

"O Dani (Alves) pode jogar tanto no meio-campo como na lateral. O Daniel, sempre que tiver qualquer jogo amistoso ou oficial da Seleção Brasileira, tem que estar sempre. É o nosso líder, nossa referência. É uma referência dentro do vestiário, independente se joga bem ou mal, independente da posição que ele joga, ele é um fenômeno", disse Roberto Carlos em entrevista à Band nesta sexta-feira.

Daniel tem mais de 100 jogos pela Seleção Brasileira

"Ele continua jogando com essa alegria e com essa liderança. Os jogadores se sentem à vontade com ele. O Daniel hoje, para a seleção brasileira, claro que tem outros jogadores com bastante experiência, mas tendo essa referência de um capitão, de um líder, de um cara que vai assumir a responsabilidade em certos momento. Hoje em dia é o Daniel", concluiu.

Jogando como segundo homem de meio-campo no São Paulo, Daniel Alves foi convocados para os dois primeiros jogos das Eliminatórias Sul-Americanas como lateral. Por conta da pandemia do coronavírus, as partidas foram adiadas.

Em toda a sua carreira, o camisa 10 do Tricolor soma 118 jogos pela Seleção Brasileira, com oito gols e quatro títulos (Copa América 2007, Copa das Confederações 2009, Copa das Confederações 2013 e Copa América 2019).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade