PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Lucas Moura fala sobre retorno ao Brasil: 'Jogar pelo São Paulo é diferente'

O ídolo são-paulino falou ainda sobre renovação, o carinho dos torcedores e Seleção Brasileira

25 nov 2023 - 08h07
(atualizado às 17h13)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net / Esporte News Mundo

O meia-atacante Lucas Moura, em entrevista ao jornal britânico 'The Guardian', falou sobre sua segunda (e já memorável) passagem pelo São Paulo . O jogador, que já contava com o carinho da torcida tricolor por conta de sua primeira passagem, entrou definitivamente no panteão dos ídolos são-paulinos com a conquista inédita da Copa do Brasil de 2023.

O craque foi titular nos dois jogos da final e, apesar de não ter marcado gols, teve muita importância diante da equipe do Flamengo. Em 2019, quando ainda atuava pelo Tottenham, da Inglaterra, ele também participou - ainda que por apenas alguns minutos - de uma final marcante: a da Liga dos Campeões da Europa.

Após um desempenho inesquecível nas semifinais, com direito a um 'hat-trick' contra o Ajax, o meia-atacante foi deixado no banco na derrota para o Liverpool por 2 a 0 na final da competição, em decisão questionável do então treinador Mauricio Pochettino.

AMOR PELO SÃO PAULO

Perguntado sobre qual a decisão que mais o marcou, Lucas Moura não conseguiu esconder seu sentimento pelo clube do Morumbi.

"Devo confessar, considerando que o São Paulo é meu clube de coração, onde os torcedores pediram o meu retorno, as emoções e os nervos nunca foram tão intensos. Voltar ao São Paulo e vencer esse título foi muito especial, sem dúvida uma das maiores conquistas da minha carreira. Retornar ao meu país, ao time que amo, que é como uma segunda pele para mim, vencer e sentir essa emoção de novo não tem preço. Jogar pelo São Paulo é diferente para mim, é o clube que me formou", disse.

RECEPÇÃO CALOROSA

O cria de Cotia falou também sobre o carinho que recebeu dos líderes do elenco e, principalmente, dos torcedores em sua volta ao Clube da Fé. Jogadores como Rafinha, Alexandre Pato e Jonathan Calleri lhe enviaram mensagens pedindo que ele voltasse ao São Paulo.

"Eu não esperava por isso. Foi muito legal e me deixou mais confortável. Fui muito bem recebido pelos jogadores e comissão técnica. Recebi uma avalanche de mensagens de torcedores nas minhas redes sociais e nas da minha esposa pedindo para voltarmos. Isso realmente nos tocou", comentou Lucas.

+ Para saber tudo sobreo São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

TORCIDA QUE CONDUZ

Ele surpreendeu ao citar seu momento favorito desde que voltou ao clube do coração. Em vez de eleger a óbvia conquista da Copa do Brasil, o ápice, para Lucas, foi a recepção da torcida antes da viagem do São Paulo ao Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo na final do torneio nacional.

"Os torcedores fizeram algo que eu nunca tinha visto antes na minha vida", diz ele. "Enquanto íamos ao Rio para o primeiro jogo contra o Flamengo, milhares e milhares de torcedores seguiram o ônibus do centro de treinamento até o aeroporto. Isso realmente emocionou e motivou os jogadores. E tinha gente de todas as idades: crianças, adolescentes, adultos, idosos, fazendo a festa, literalmente nos carregando. Era como se tivessem carregado o time nos ombros. Foi uma experiência marcante", falou o meia.

FICA PARA 2024?

Seu contrato atual com o clube paulista vai até dezembro deste ano, e sua permanência para 2024 ainda é incerta. Ele se esquivou quando o assunto sobre a uma possível renovação surgiu.

"Essa é a questão que eu mais respondo (risos). Estamos negociando mas eu quero terminar a temporada e aí sentar com minha esposa, discutir e tomar a decisão com a cabeça fria", explicou o craque.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Para finalizar, Lucas falou sobre seu desejo de voltar à Seleção Brasileira. Ele não é convocado desde outubro de 2018, mas suas boas atuações no futebol brasileiro reacenderam suas esperanças de voltar a vestir a camisa da Amarelinha.

"A seleção sempre esteve no meu radar. Sabia que voltando ao Brasil eu teria mais proximidade de uma convocação. Sempre foi uma meta. Preciso trabalhar duro, dar meu melhor e deixar acontecer naturalmente, mas com certeza é uma meta que trabalharei duro para alcançar", finalizou.

O ídolo são-paulino atualmente se recupera de um estiramento muscular no posterior da coxa esquerda. Havia a expectativa de que ele retornasse aos gramados contra o Fluminense, mas a comissão técnica preferiu poupá-lo, visto que o atleta não estava plenamente recuperado e uma nova lesão agravaria sua situação.

Apesar disso, ele provavelmente deve ser relacionado para o confronto do dia 26 de novembro, às 18h30 (horário de Brasília), que será diante da equipe do Cuiabá, no Morumbi, válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 46 pontos conquistados, o São Paulo atualmente ocupa a 10ª colocação na competição.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade