1 evento ao vivo

Diniz defende Daniel Alves após atuação ruim: "Referência"

Jogador de 37 anos começou a partida como lateral-direito e foi para o meio-campo no segundo tempo

18 out 2020
06h11
atualizado às 08h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Fernando Diniz defendeu Daniel Alves após atuação ruim no empate do São Paulo em 0 a 0 com o Grêmio no último sábado, no Morumbi, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Daniel Alves, do Grêmio, disputa lance com Cortez, do São Paulo
Daniel Alves, do Grêmio, disputa lance com Cortez, do São Paulo
Foto: Miguel Schincariol / Estadão

O multicampeão de 37 anos começou a partida como lateral-direito e foi para o meio-campo no segundo tempo.

"Time jogou muito pelo lado direito em algumas partidas. Agora estamos jogando muito pelo lado esquerdo, então ele ficou mais isolado e pegou pouco na bola. Fez partida ok na marcação e chegou pouco com a bola. Quando chegou, fez partida correta. Depois foi para o meio. Todos erraram muitos passes, difícil fazer análise individual. Ele não para de correr o tempo todo, é uma referência importante. Sempre orientando. Tem importância muito grande quando está em campo. Difícil analisar individualmente quando equipe foi abaixo, principalmente no segundo tempo. Não conseguimos recuperar bem depois da viagem de Fortaleza, tivemos muitos erros técnicos. Daniel tem muito peso, colabora com muitas coisas que não aparecem de maneira convencional", disse Diniz.

"Consegue (aguentar a maratona de jogos), é referência mundial ainda. Quando jogamos bem, ele joga bem. Tem muito a ver com resultado a avaliação. Acho que produz muito, mesmo quando não produz tecnicamente. Vou tirar quando tiver que tirar. Ele não sai de jogos e de treinamentos. Nenhum dia, mesmo com 37 anos. GPS e ações intensas mostram o que ele entrega. Sempre corre e entrega. Sempre quer jogar, treinar, termina o treino e segue treinando. E chega antes. É referência técnica e de personalidade", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade