PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Com pai tricolor, novo reforço do São Paulo comenta sua chegada: "Sonho de criança"

10 dez 2023 - 17h29
(atualizado às 17h53)
Compartilhar
Exibir comentários

Erick foi anunciado oficialmente neste domingo como novo reforço do São Paulo. O atacante, que se destacou com a camisa do Ceará na Série B do Campeonato Brasileiro, é a primeira contratação do Tricolor para 2024 e não escondeu a emoção de desembarcar em um dos principais clubes não só do País, mas também do continente.

Foto: Gazeta Esportiva

"Para mim, é um sonho de criança. Muito feliz por estar aqui, é a oportunidade da minha vida. A história fala por si só. O São Paulo é tricampeão do mundo e da Libertadores. Vou jogar a Libertadores ano que vem, estou muito feliz. Estou realizando um sonho de criança. Quero agradecer à torcida pelo carinho que teve comigo desde a minha chegada, e espero todo mundo no Morumbi", disse Erick à SPFC Play.

Curiosamente, o pai de Erick é torcedor do São Paulo e terá o privilégio de ver seu filho vestindo as cores do seu clube do coração. A primeira camisa que será usada pelo atacante, inclusive, já tem destino certo.

"Meu pai é tricolor, meu compadre também. Tive até que esconder deles que estava acertando aqui para não vazar qualquer tipo de notícia. A partir do momento que acertei, falei para o meu pai e ele ficou muito feliz. A primeira camisa está prometida para ele. Se chegar lá sem a camisa, o bicho pega", brincou.

Erick se destaca por seu um atacante de velocidade, que atua pelos lados de campo e que se destaca pelos dribles. O jogador reúne todas as características das quais o elenco do São Paulo carece há tempos. Por isso, ele tem tudo para ganhar espaço com o técnico Dorival Júnior em 2024.

Por falar em Dorival Júnior, Erick é um velho conhecido do treinador. Os dois trabalharam juntos no Ceará, no ano passado, e foram dois dos responsáveis por fazer o clube terminar a primeira fase da Copa Sul-Americana como dono da melhor campanha geral.

"A comissão, o Dorival, o Milton Cruz também, que foi meu segundo treinador lá no Náutico, me ajudou muito no início da minha carreira. O Dorival dispensa comentários, além de ser um grande treinador, foi um pai para mim no Ceará, me ajudou com muitos conselhos. Se hoje estou aqui, é também por causa dele", comentou Erick, que também já foi companheiro de um atleta do São Paulo.

"Joguei com o Igor Vinícius na base do Santos, é um grande amigo que tenho aqui. Tenho certeza que quando chegar, vai me acolher muito bem e me ajudar a me adaptar o mais rápido possível ao clube", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade