PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

Calleri destaca garra do São Paulo para vencer o Cuiabá de virada: 'Vitória era inegociável'

Camisa 9 do Tricolor falou sobre a sua situação contratual

15 mai 2022 21h04
ver comentários
Publicidade

De pênalti, Calleri iniciou a virada do São Paulo no Morumbi, que venceu o Cuiabá por 2 a 1 no Brasileirão. Apesar do 14º gol na temporada, o camisa 9 acredita que ele e a equipe podem melhorar.

Calleri fez o primeiro do São Paulo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)
Calleri fez o primeiro do São Paulo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)
Foto: Lance!

- Estou em uma boa fase. Quando um jogador está em uma boa fase, tem que aproveitar, não é sempre assim. Estou com confiança, hoje fiz um gol de pênalti. São seis gols em jogos, artilheiro do Brasileirão, mas ainda tenho muito a melhorar, o time também. Os últimos três jogos não jogamos da melhor maneira. Tem que conseguir fazer o que fazemos nos treinos. Hoje, com a virada, o time vai estar mais confiante - declarou o atacante na zona mista do Morumbi.

Calleri destacou o poder de reação do Tricolor, que foi buscar a desvantagem e conseguiu três cruciais pontos no campeonato. Agora, a equipe ocupa o terceiro lugar na tabela, e o camisa 9 falou sobre a importância do resultado positivo contra o Dourado.

- Hoje era vitória, depois tem jogos difíceis. Ganhar lá do Fortaleza, calor, e levar um empate lá era bom. Hoje não era bom, tinha que ganhar. Time brigou para isso. A virada foi justa, fomos o time que melhor jogou e que mais chances teve. Era inegociável ganhar. Os três pontos no Morumbi tem que respeitar, sempre ganhar, e depois fora, são campos difíceis, onde o São Paulo não é tão bom. A vitória era inegociável - afirmou o atleta.

VEJA OUTROS TRECHOS DA FALA DE CALLERI NA ZONA MISTA

SÃO PAULO VAI COMPRÁ-LO

- Não gosto de falar sobre o que vai acontecer. Ninguém falou comigo se vai fazer a opção de compra. Tento fazer o melhor, e por agora estou em empréstimo. Estou muito contente no São Paulo, a camisa pega muito comigo, e eu pego muito com a camisa. Quero conseguir títulos. Até não falarem comigo que a opção de compra vai ser feita, nãoC posso falar o que vai acontecer. Estou muito feliz com o meu presente, dia a dia.

EVOLUÇÃO NA CARREIRA

- Agora sou um jogador mais pensante, corro muito menos que antes, mas corro de maneira mais inteligente. As vezes não depende de eu não fazer o gol, e sim quem dá os passes, cruzamentos, não dão da melhor maneira, o nove não vai fazer nunca. Temos jogadores que estão fazendo muito bem, gosto muito do Wellington e Reinaldo quando cruzam, Rafinha também. Camisa 9 tem que fazer gol de qualquer jeito.

Na quinta-feira (19), às 21h30, o São Paulo enfrenta o Jorge Wilstermann, podendo assegurar a vaga ao mata-mata da Sul-Americana.

No domingo (22), às 16h, a equipe de Ceni vai até a Neo Química Arena, onde tentar vencer pela primeira vez o Corinthians na casa do rival, pelo Brasileirão.

Lance!
Publicidade
Publicidade