2 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Boschilia sai do banco e decide vitória do Brasil

Dean Mouhtaropoulos/Fifa / Getty Images
1 jun 2015
00h11
atualizado às 07h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil estreou com pé direito no Mundial Sub-20 na Nova Zelândia. Neste domingo, a equipe comandada por Rogério Micale sofreu, mas conseguiu bater a Nigéria por 4 a 2 contando com a estrela do meia são-paulino Boschilia.

No primeiro tempo, as duas seleções mostraram ritmo fulminante. A equipe canarinha abriu o placar logo aso 4 minutos de partida, com o palmeirense Gabriel Jesus, mas mostrou extrema fragilidade defensiva e sofreu a virada. Porém, ainda na etapa inicial, o cruzeirense Judivan volou a colocar o Brasil no páreo.

Tudo mudou no intervalo, quando Micale promoveu a entrada de Boschilia. O camisa 8 deu conta do recado e foi responsável pelos dois gols que deram a vitória à Seleção Brasileira em New Plymouth. Agora, os garotos brasileiros se preparam para enfrentar a Hungria, na madrugada de quarta para quinta-feira, às 4h (de Brasília).

Os primeiros minutos da partida foram fulminantes. Logo aos 4min, em jogada de palmeirenses, João Pedro rolou para Gabriel Jesus abrir o placar para a Seleção em New Plymouth.

Gabriel Jesus abriu placar para o Brasil
Gabriel Jesus abriu placar para o Brasil
Foto: Ross Setford / AP

Entretanto, se o ataque brasileiro funcionava bem, a defesa deixava a desejar. Aos 11, Isaac recebeu belo lançamento de Yahaya, driblou o goleiro Jean e empurrou para as redes.

A retaguarda canarinha teve muitas dificuldades para conter o forte trio ofensivo dos nigerianos, formado por Iheanacho, Yahaya e Isaac. Aos 27min, a equipe africana puxou contra-ataque em velocidade e Yahaya teve muita categoria para sair da marcação e bater no canto, sem chances para Jean.

Entretanto, os garotos brasileiros reagiram e chegaram ao empate sete minutos depois. Após cobrança de lateral na área, Gabriel Jesus tocou de calcanhar para Judivan dominar e colocar nas redes da Nigéria.

Nigéria virou o placar no primeiro tempo, mas não segurou o resultado
Nigéria virou o placar no primeiro tempo, mas não segurou o resultado
Foto: Ross Setford / AP

No segundo tempo, a partida continuou em ritmo intenso. No primeiro minuto, Awoniyi recebeu belo passe dentro da área, driblou Marlon e bateu para grande defesa de Jean. No Brasil, a entrada do meia Boschilia deu ainda mais poderio ofensivo à equipe comandada por Rogério Micale e mudou o cenário do duelo.

Aos 13min, o são-paulino mostrou estrela, fez bela jogada individual e bateu de perna esquerda de fora da área. A bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro nigeriano, entrando no canto baixo esquerdo do gol.

Boschilia acertou um chute de fora da área
Boschilia acertou um chute de fora da área
Foto: Dean Mouhtaropoulos/Fifa / Getty Images

O Brasil seguiu dominando amplamente as ações da etapa complementar. Com o sistema defensivo mais bem postado, ficou difícil para a Nigéria conseguir imprimir suas jogadas de velocidade.

O gol de misericórdia nos africanos veio aos 37min. De novo ele, Boschilia, passou pela defesa da Nigéria com habilidade e bateu rasteiro. O goleiro Enaholo falhou feio, deixando a bola passar por entre suas pernas. Antes que a redonda ultrapassasse a linha, Judivan tirou o gol do companheiro e empurrou para as redes, dando números finais ao duelo.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade