PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Auxiliar de Crespo não culpa psicológico por derrota

Equipe do Morumbi teve que lidar com cinco desfalques importantes, além de vir de uma derrota impactante na Copa do Brasil

6 jun 2021 08h02
| atualizado às 08h57
ver comentários
Publicidade

Após perder para o 4 de Julho, na Copa do Brasil, o São Paulo experienciou uma nova derrota, no Campeonato Brasileiro, diante do Atlético Goianiense, por 2 a 0, no último sábado (5). Após o jogo contra o Dragão, o auxiliar técnico Juan Branda, que substituiu Crespo na partida, comentou sobre a derrota e sobre os possíveis motivos que levaram ao resultado negativo.

Juan Branda durante derrota para o Atlético Goianiense Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net)
Juan Branda durante derrota para o Atlético Goianiense Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net)
Foto: Lance!

Para o jogo diante do Atlético Goianiense, o São Paulo contou com cinco desfalques importantes. O volante Luan, o meia Benítez e o ala Daniel Alves não foram relacionados para a partida por lesões, enquanto Arboleda e Liziero ficara de fora do jogo por serem convocados por sua seleções (Liziero para a seleção olímpica).

Para Branda, porém, isso não foi um problema, pois, segundo ele, todos os jogadores do elenco são importantes.

"Todos os atletas são importantes, e os que hoje iniciaram são os que temos e os que treinamos e são os que vão a campo, depois, os jogadores que não estão, quando estiverem. Mas, para nós, todos são importantes", comentou o auxiliar técnico.

Na última terça-feira (1), o São Paulo perdeu para o 4 de Julho, do Piauí, time da quarta divisão do Campeonato Brasileiro, por 3 a 2, pela Copa do Brasil. O jogo foi um baque para a equipe paulista.

Questionado sobre o impacto da derrota diante do 4 de Julho sob o psicológico dos atletas e seus possíveis efeitos na atuação da equipe contra o Atlético-GO, o auxiliar de Hernán Crespo afastou a hipótese de que a partida da Copa do Brasil tenha influenciado na moral do elenco, afirmando que o time está mais motivado ainda para reverter a desvantagem.

"Estivemos falando com Hernán e, nos treinamentos, os atletas mostraram que o resultado do outro dia não influenciou nesta partida e estamos com muita vontade de reverter o resultado na terça-feira", afirmou Branda.

Para reverter o placar, o São Paulo precisará vencer diante do 4 de Julho. O 1 a 0 basta, pois classificaria a equipe no critério de gols fora de casa. O jogo acontece na próxima terça-feira (8), no Morumbi.

Lance!
Publicidade
Publicidade