3 eventos ao vivo

Sampaoli rebate desabafo de Jean Mota após derrota do Santos

"Colocarei sempre quem creio que está melhor", disse o treinador; meia reclamou por estar na reserva do time

10 ago 2019
20h48
atualizado às 23h09
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, respondeu ao desabafo de Jean Mota após a derrota por 3 a 2 para o São Paulo neste domingo, no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jean, atualmente reserva, disse não entender o motivo para ter saído da equipe titular depois de ser o melhor do Paulistão. Sampaoli, de forma sucinta, explicou.

"Porque há quem está melhor. Ganhamos sem ele, assim como ganhamos com ele. Colocarei sempre quem creio que está melhor", disse o treinador.

O Santos recusou uma proposta de empréstimo do Al Ahli, dos Emirados Árabes, e espera negociar o meia em definitivo nas próximas semanas.

"Fiz um gol e uma assistência contra o Atlético-MG, depois nem entrei. Eu queria uma resposta. Saem matérias e eu nunca sei de nada. Não sei se a diretoria ou o treinador contam mais comigo, mas afeta a confiança", falou Jean, na zona mista.

O técnico Jorge Sampaoli, do Santos, em partida contra o São Paulo, válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Morumbi
O técnico Jorge Sampaoli, do Santos, em partida contra o São Paulo, válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio do Morumbi
Foto: FELIPE RAU / Estadão

"Presidente manda, mas a gente tem que ter essa conversa. Ele precisa falar o que acontece. Se ele decidiu não me emprestar, não chegou até mim para saber minha intenção. Eu quero estar aqui, tenho contrato", completou o jogador.

Jean Mota tem 25 anos e contrato até 30 de junho de 2022. O Santos detém 80% dos direitos econômicos.

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade