0

Julgamento de Peres e possível retorno de Rollo: Santos tem sexta decisiva politicamente

8 nov 2019
04h11
atualizado às 04h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Essa sexta-feira será decisiva no âmbito político para o Santos. O presidente José Carlos Peres será julgado pelo STJD, no Rio de Janeiro. O vice Orlando Rollo pode retomar a função após licença.

Santos tem dia decisivo para a política do clube (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Santos tem dia decisivo para a política do clube (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

Peres foi enquadrado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva depois de questionar a utilização do árbitro de vídeo e supor favorecimento ao Flamengo. A pena é de 15 a 180 dias.

Enquanto isso, Rollo deve ser notificado pelo Conselho Deliberativo sobre a "liberação" para voltar ao dia a dia do Peixe. Dessa forma, pode retornar já como presidente em exercício se José Carlos Peres receber o provável gancho.

Orlando Rollo pediu licença do cargo em janeiro deste ano. Uma das justificativas foi discordar de uma portaria do presidente José Carlos Peres, limitando suas funções em setembro de 2018.

A Comissão de Inquérito e Sindicância avaliou o caso e declarou a portaria como ilegal, descumprindo o Estatuto Social. A punição sugerida foi de advertência. O Conselho não aprovou e pediu para a CIS reavaliar por causa da ausência de uma defesa por escrito de Peres, dando margem à paralisação do processo via liminar.

Baseado no parecer da comissão, a portaria de Peres foi cassada, as obrigações previstas no estatuto foram restituídas, assim como o acesso ilimitado ao clube e a documentos, além do desbloqueio do e-mail corporativo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade