9 eventos ao vivo

Atrasado, Neymar corre de perguntas e deixa "bucha" para pai

23 mai 2013
16h28
atualizado às 20h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Assim como fez após o empate por 0 a 0 com o Joinville, nesta quarta-feira, Neymar voltou a fugir das perguntas sobre futuro, em evento desta quinta. Ele fez apenas um depoimento em que exaltou a parceira feita por seu instituto e depois disse que deixaria a "bucha" para seu pai, em referência às perguntas dos jornalistas.

"Deixa eu correr porque tenho que treinar. Sei que vocês querem fazer todas perguntas do mundo, mas essa 'bucha' eu deixo para o meu pai mesmo", afirmou o camisa 11 santista, que só saiu do evento às 16h10 (de Brasília) e chegou um pouco atrasado nas atividades comandados por Muricy Ramalho. 

Neymar está em negociação com times europeus, principalmente com o Barcelona, que fez sua terceira proposta ao Santos, nesta quinta-feira. O clube praiano tem recusado os valores, mas a saída do atacante para a Europa parece cada vez mais provável.

Enquanto isso não acontece, Neymar e seu pai também trabalham para desenvolver o Instituto Neymar Jr., que fechou parceria com a empresa Tenys Baruel. 

<p>Neymar fechou primeira parceria para o instituto que tem o seu nome</p>
Neymar fechou primeira parceria para o instituto que tem o seu nome
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

"Muito obrigado a todos, hoje (quinta-feira) foi um dia muito importante para o nosso instituto. É a primeira ação que estamos fazendo e espero que seja a primeira de muitas. Queremos ajudar muita gente, assim como um dia já fomos ajudados", afirmou Neymar, em seu rápido pronunciamento.

Depois disso, o pai de Neymar assumiu o microfone e argumentou que a parceria apresentada nesta quinta pode ser um motivo para Neymar não ir para a Europa: "a ação que nós estamos fazendo é para ficar no Brasil, e as pessoas insistem que vamos embora. Estamos tentando ajudar o País da melhor maneira possível. Lançaremos um instituto em novembro, no máximo, e as pessoas entendem que pedimos para ir embora, mas é o contrário".

Porém, questionado mais vez sobre o assunto, Neymar pai admitiu que a negociação deve estar acontecendo, mas sem confessar qualquer contato com os times: "o Santos deve estar pensando (na negociação), mas ninguém veio falar com a gente de que modo pode ser feito, então não temos que se posicionar", afirmou.

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade