PUBLICIDADE
Logo do

Santa Cruz

Meu time

Com arbitragem polêmica, Sport bate Santa Cruz e vai à final

20 mar 2014 00h00
| atualizado às 01h43
ver comentários
Publicidade

Em partida com arbitragem polêmica de Sandro Meira Ricci, três expulsos e um pênalti contestável, o Sport confirmou a classificação à final da Copa Nordeste. Mesmo jogando no Estádio do Arruda na noite desta quarta-feira, a equipe rubro-negra usou a vantagem numérica para vencer por 2 a 1 o Santa Cruz.

Rithely abriu o placar para o Sport fora de casa
Rithely abriu o placar para o Sport fora de casa
Foto: Aldo Carneiro / Agência Lance

O resultado classifica o Sport porque na partida de ida, na Ilha do Retiro, o time havia vencido por 2 a 0. O Santa Cruz acabou eliminado na bronca, com dois atletas expulsos ainda no primeiro tempo.

Na final, o Sport vai encarar o Ceará, que no outro confronto passou pelo América-RN com vitória por 4 a 0, na ida, e derrota por 2 a 0 no confronto de volta.

A decisão, em dois jogos, está marcada para 2 e 9 de maio, em local e horários a definir. Pelo Campeonato Pernambucano, o Sport volta a campo no sábado, às 19h30 (de Brasília), quando recebe o Porto na Ilha do Retiro, no Recife. Já o Santa Cruz faz clássico com o Náutico no domingo, às 16h, na Arena Pernambuco.

A partida foi polêmica desde o princípio no Estádio do Arruda, no Recife. Aos 17min, Everton Sena subiu para disputar bola pelo alto e, com os braços abertos, acertou o rosto de Neto Baiano, do Sport. O árbitro Sandro Meira Ricci deu cartão vermelho, deixando o anfitrião com um a menos. Já aos 31min, ele deu pênalti para o Sport em jogada contestável de Leandro Souza, na qual o atleta travou finalização de Felipe Azevedo.

Everton Sena foi expulso em lance polêmico
Everton Sena foi expulso em lance polêmico
Foto: Aldo Carneiro / Agência Lance

Neto Baiano foi para a cobrança, mas acertou a trave de Tiago Cardoso e desperdiçou a chance de abrir o placar para o visitante. Aos 41min, Leandro Souza acertou Durval na área e, como já tinha amarelo pelo lance da penalidade, também foi expulso, deixando o Santa Cruz com dois a menos em campo. Para completar o primeiro tempo, o Sport abriu o placar aos 44min, com cruzamento de Renê para gol de Rithely.

O Santa Cruz voltou depois do intervalo com a improvável missão de fazer quatro gols em 45min com dois homens a menos. E chegou a animar seu torcedor no início, quando Léo Gamalho recebeu bola na área, dominou com estilo e finalizou com força para empatar. Aos 11min, no entanto, Patric arriscou da intermediária e contou com desvio de Luciano Sorriso para decretar o segundo gol do Sport, fechando o placar de 2 a 1.

O time rubro-negro ainda teve um jogador expulso no fim: Felipe Azevedo, por acertar chute em Luciano Sorriso.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade