3 eventos ao vivo

A hora e a vez dos goleiros

Ceni, César, Cássio e Fábio brilham na rodada

16 nov 2018
11h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Eles têm fama de serem meio malucos, estraga prazeres e podem ir do céu ao inferno no mesmo jogo. Mas os goleiros driblaram a maldição e foram os protagonistas da rodada.

O ex-goleiro Rogério Ceni, dono do gol do São Paulo por 25 anos, é hoje o técnico mais desejado do futebol brasileiro. Ele levou o Fortaleza ao título da Série B no ano do centenário do clube com duas rodadas de antecedência. E já virou ídolo de uma torcida apaixonada, que lotou a Arena Castelão e fez uma festa de luzes e cores de causar inveja a qualquer time da Série A.

Rogério Ceni comemora primeiro título como técnico
Rogério Ceni comemora primeiro título como técnico
Foto: LC Moreira / Estadão

César tem 26 anos e foi revelado nas categorias de base do Flamengo. Depois de barrar Diego Alves, ele pegou pênalti no finzinho do jogo contra o Santos no Maracanã e manteve o Flamengo vivo matematicamente na briga pelo título do Brasileiro. 

César salvou no fim e manteve o Flamengo na briga pelo título
César salvou no fim e manteve o Flamengo na briga pelo título
Foto: Alexandre Durão/Código 19 / Estadão

Cássio não nasceu no Corinthians por culpa da cegonha que errou o percurso. Mas foi adotado pela Fiel desde que chegou em 2012. Ídolo na alegria e na tristeza, o goleiro é o maior responsável por não deixar o Timão entrar na zona do rebaixamento. Mas chegou a hora do resto do grupo ajudar um pouco também.

Cássio tem salvado o Corinthians em muitos jogos
Cássio tem salvado o Corinthians em muitos jogos
Foto: Rodney Costa/Agência Eleven / Gazeta Press

E o que dizer de Fábio, do Cruzeiro? Treze anos como titular e com mais de 800 jogos na bagagem, o goleirão de 38 anos atua sempre como se fosse a primeira vez. Azar de quem encontra a muralha cruzeirense pela frente.

Fábio tem sido o paredão celeste em mais uma temporada
Fábio tem sido o paredão celeste em mais uma temporada
Foto: Mourão Panda/O Fotográfico / Estadão
Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade