PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Seis campeões da Copinha-2022 defenderam o Palmeiras no último duelo com a Ponte Preta

Na última rodada da fase de grupos do Paulistão-2021, o Verdão precisava vencer para seguir vivo na competição. Com a ajuda dos jovens da base, o time garantiu 3 a 0

26 jan 2022 06h56
ver comentários
Publicidade

O Palmeiras enfrenta a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 21h35, no Allianz Parque, pela primeira rodada do Paulistão-2022. A última vez que os times se encontraram foi no ano passado, também pelo estadual e aquela partida trouxe uma curiosidade interessante, que ajuda a entender o sucesso da base palmeirense, que acabou de conquistar sua primeira Copinha na última terça. Seis jovens campeões atuaram no Moisés Lucarelli naquela ocasião.

Bicalho foi um dos seis jovens da base que foram campeões e enfrentaram a Ponte (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Bicalho foi um dos seis jovens da base que foram campeões e enfrentaram a Ponte (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

Naquele dia 9 de maio de 2021, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, o Verdão ainda estava lutando pela classificação para o mata-mata. Além de precisar vencer a Macaca, tinha que torcer para o já classificado Corinthians vencer o Novorizontino na Neo Química Arena. Por incrível que pareça, o rival colaborou e saiu vitorioso com o placar de 2 a 1.

Vale lembrar que no Paulistão-2021, por conta do calendário apertado e de uma temporada grudada na outra, Abel Ferreira usou times bastante alternativos durante a competição. E mesmo precisando de uma vitória na última rodada da fase de grupos, ele não mudou a filosofia. Dessa forma, a escalação alviverde reuniu alguns nomes das categorias de base.

No time titular, além daqueles que já estavam integrados ao profissional desde a temporada anterior (Danilo e Wesley), Abel escalou três nomes da base: Michel, Vanderlan e Giovanni. Enquanto Fabinho, Gustavo Garcia e Pedro Bicalho saíram do banco de reservas na segunda etapa para ajudar a equipe a vencer por 3 a 0. Gustavo Scarpa foi o destaque, marcando um gol e dando duas assistências. Wesley e Willian Bigode anotaram os outros tentos.

A curiosidade é que pouco mais de nove meses depois dessa partida, o Palmeiras volta a encontrar a Ponte Preta, justamente um dia após Fabinho, Gustavo Garcia, Giovani, Pedro Bicalho e Vanderlan conquistarem o tão sonhado título da Copinha. Michel, não atuo por conta de lesão, mas estava inscrito e também está entre os campeões que entraram para a história.

Sendo assim, seis jovens que naquele dia ajudaram o Verdão a se classificar para o mata-mata do Paulistão estavam de volta para a categoria de base para levantarem a taça da tradicional competição para a garotada.

Nesse meio tempo, eles ainda fizeram parte do grupo que disputou as últimas três rodadas do Brasileirão-2021, com duas vitórias e um empate, quando o elenco principal estava de férias depois da Libertadores.

Essa curiosidade mostra que a "casca" que esses garotos da Copinha adquiriram nessas idas e vindas no profissional foi um dos diferenciais para a conquista. E isso também será essencial quando eles fizerem a transição definitiva para a equipe de cima, uma vez que não irão sentir tanto o impacto, principalmente por se tratar de um time estruturado e vencedor, que não jogará a responsabilidade dos resultados para cima desses meninos.

Lance!
Publicidade
Publicidade